Santo Antônio Conselheiro: jesuíta bronco (1947)

Raymundo Faoro

Resumo


SANTO ANTÔNIO CONSELHEIRO: JESUÍTA BRONCO[1]

 

Raymundo Faoro[2]


[1] Originalmente publicado em: FAORO, Raymundo. Santo Antônio Conselheiro: jesuíta bronco. Revista Quixote, Porto Alegre, v. 1, p. 16-26, 1947. Material digitalizado por meio do Projeto de Extensão Digitalização e Divulgação de Revistas de Graduandos da Faculdade de Direito (cadastrado sob o número 32820). Para referenciar este escrito: FAORO, Raymundo. Santo Antônio Conselheiro: jesuíta bronco. Res Severa Verum Gaudium, Porto Alegre, v. 3, n. 2, p. 12-18, abr. 2018.

[2] À época, o autor tinha 22 anos e era estudante da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Raymundo Faoro foi um jurista, sociólogo, historiador, cientista político e escritor brasileiro. Foi presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), de 1977 a 1979 e membro da Academia Brasileira de Letras (ABL). Autor do livro Os Donos do Poder, em que analisa a formação sociopolítica patrimonialista do Brasil.


Texto completo:

VERSÃO VIRTUAL [PDF]

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Res Severa Verum Gaudium | ISSN 2176-3755 | revistaressevera@gmail.com

Faculdade de Direito - Centro Acadêmico André da Rocha

Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS

Av. João Pessoa, nº 80. Porto Alegre, RS. CEP 90040-001