O Pensamento de James Boyd White e a Linguagem como o Cerne da Atividade Jurídica

Laila Maia Galvão

Resumo


O presente artigo expõe as principais teses abordadas nas obras de James Boyd White, um dos precursores do movimento Direito e Literatura nos Estados Unidos e atual professor de Direito da Universidade de Michigan. O artigo evidencia a concepção de direito e de ensino jurídico do referido autor, que acredita ser a linguagem o ponto central da atividade jurídica e que busca alternativas dentro da sala de aula para tornar o curso de direito mais estimulante para seus alunos e menos tecnicista.

Palavras-chave


James Boyd White; direito e literatura; ensino jurídico; direito e linguagem

Texto completo:

VERSÃO VIRTUAL

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Res Severa Verum Gaudium | ISSN 2176-3755 | revistaressevera@gmail.com

Faculdade de Direito - Centro Acadêmico André da Rocha

Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS

Av. João Pessoa, nº 80. Porto Alegre, RS. CEP 90040-001