Aplicativos para Tablets: Ferramentas para o Pensar

Autores

  • Débora Valletta PPGIE/UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.70675

Palavras-chave:

Jogos Educacionais, Aprendizagem Ubíqua, Objetos de Aprendizagem, Formação Docente.

Resumo

As ferramentas dos tablets e/ou smartphones são intuitivas e há inúmeros
aplicativos (Apps) que podem ser utilizados como recurso didático tecnológico
(Valletta, 2016). Diante desse contexto, este artigo buscou investigar qual a percepção dos estudantes do 2º semestre em Pedagogia em utilizar jogos educacionais, considerando o uso de tecnologias móveis como, os tablets. Do ponto de vista metodológico a pesquisa é de natureza exploratória e abordagem qualitativa. Como instrumentos de coleta de dados, utilizou-se questionário semiestruturado, observação e fonte documental. Percebeu-se que, alguns resultados merecem destaque, a saber: potencialidade dos artefatos, metodologia implementada e, consequentemente, os padrões emergentes desses dois aspectos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-29

Como Citar

VALLETTA, D. Aplicativos para Tablets: Ferramentas para o Pensar. RENOTE, Porto Alegre, v. 14, n. 2, 2016. DOI: 10.22456/1679-1916.70675. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/70675. Acesso em: 3 fev. 2023.