FÁBRICA DE MATEMÁTICAS: UMA ESCOLA EXPANDIDA POR MEIO DA TECNOLOGIA DIGITAL E DA COOPERAÇÃO

Camila Aliatti

Resumo


O presente trabalho se configura em um estudo piloto para uma pesquisa de
mestrado que busca abordar o conceito de cooperação na sala de aula de forma aplicada a tecnologia colaborativa por meio de um estudo de caso desenvolvido na área da Matemática com as Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação. A pesquisa se baseia no conceito de cooperação oriundo da perspectiva da Epistemologia Genética de Piaget e da teoria de Escola Expandida de Battro, e apresenta como sujeitos estudantes de Ensino Fundamental que possuem acesso aos suportes tecnológicos como internet e 
computadores em suas casas. De forma cooperativa, os estudantes criaram seus próprios sites a fim de utilizarem a web como ferramenta de colaboração para o estudo de matemática. Em seus sites, puderam desenvolver atividades propostas pela professorapesquisadora. Os resultados do trabalho apontam para vantagens da cooperação no ambiente de sala de aula e também fora dela, além da tomada de consciência pelos estudantes de que as tecnologias podem colaborar para o seu aprendizado e de outrem.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1679-1916.61401

Direitos autorais



RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação      ISSN 1679-1916

A RENOTE, possui a nota Qualis B1 (Ensino) e B1 (Interdisciplinar) no Sistema de Avaliação da CAPES.

Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação (CINTED) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Avenida Paulo Gama, 110 - Anexo III – 3o andar
Porto Alegre, RS, Brasil – CEP: 90040-060

Telefone: (51) 3308-4100
E-mail: renote@cinted.ufrgs.br