A mineração textual de práticas discursivas em um Chat: uma perspectiva pedagógica em contexto de EAD

Autores

  • Ygor Corrêa Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Eliseo Berni Reategui Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Maria Cristina V. Biazus Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.30935

Palavras-chave:

SOBEK. Sistemas Adaptativos Complexos. Práticas discursivas. EAD. Acompanhamento pedagógico.

Resumo

Este artigo apresenta a utilização da ferramenta de mineração textual SOBEK com vistas ao acompanhamento pedagógico de práticas discursivas escritas decorrentes de um Chat em EAD. O papel central da língua no desenvolvimento humano está concebido por meio de um agir linguageiro enquanto Sistema Adaptativo Complexo (SAC). Nessa perspectiva,  ompreende-se que a linguagem se situa em práticas interacionais e está em permanente transformação. Este estudo tem caráter empírico de cunho qualitativo, inserido na plataforma Moodle, investigando a especificidade das interações realizadas em um Chat, em uma disciplina de Ensino a Distância (EAD) em nível de graduação, na perspectiva da Teoria da Complexidade e do Interacionismo Sociodiscursivo - ISD. As relações discursivas situadas foram observadas quanto à forma como os interagentes se adaptavam ao contexto discursivo. O estudo permitiu evidenciar que os alunos adaptavam o vocabulário, na medida em que se apropriavam desse. Desde modo, o acompanhamento pedagógico precisa levar em consideração a adaptabilidade do vocabulário presente no conteúdo oferecido aos alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-07-20

Como Citar

CORRÊA, Y.; REATEGUI, E. B.; V. BIAZUS, M. C. A mineração textual de práticas discursivas em um Chat: uma perspectiva pedagógica em contexto de EAD. RENOTE, Porto Alegre, v. 10, n. 1, 2012. DOI: 10.22456/1679-1916.30935. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/30935. Acesso em: 24 maio. 2022.