Análise da aplicação de uma escala de dependência do uso do telefone celular na pós-graduação durante a pandemia da Covid-19

Ricardo Barbosa Bitencourt, Ralliny Soares Rocha dos Santos, Dinani Gomes Amorim, Ricardo José Rocha Amorim

Resumo


O controle da Covid-19 exigiu estratégias não farmacológicas importantes, a exemplo do uso de máscaras, isolamento e distanciamento social. A suspensão de diversas atividades presenciais, especialmente as escolares, obrigou a implantação do ensino remoto. Este, de fato, se constitui em um novo formato de relacionamento entre professores e alunos e que tem o smartphone como um importante aliado. Contudo, o uso mais acentuado desse dispositivo, sem qualquer planejamento anterior, vem contribuindo para uma exposição dos usuários a adoecimentos da era digital. Para ilustrar essa questão, avaliou-se a possível condição dessa relação por intermédio da aplicação de uma Escala de Dependência do Telefone Celular junto à uma comunidade acadêmica de pós-graduação no interior baiano (discentes, docentes e técnicos administrativos). Os resultados mostram que, apesar de não haver prevalência de gravidade, os participantes já apresentam algum tipo de dependência do uso do celular.

Palavras-chave


Cultura digital; Saúde Mental; Nomofobia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1679-1916.121357

Direitos autorais 2022 Ricardo Barbosa Bitencourt, Ralliny Soares Rocha dos Santos, Dinani Gomes Amorim, Ricardo José Rocha Amorim



RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação      ISSN 1679-1916

A RENOTE, possui a nota Qualis B1 (Ensino) e B1 (Interdisciplinar) no Sistema de Avaliação da CAPES.

Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação (CINTED) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Avenida Paulo Gama, 110 - Anexo III – 3o andar
Porto Alegre, RS, Brasil – CEP: 90040-060

Telefone: (51) 3308-4100
E-mail: renote@cinted.ufrgs.br