Técnicas de Mineração de Dados para Investigação da Saúde Mental de Professores: Uma Revisão Sistemática

Autores

  • Cleonides Silva Dias Gusmão UFS
  • Renê Pereira de Gusmão UFS
  • Ivan Gomes Ferreira Júnior UFS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.110256

Palavras-chave:

Mineração de dados, saúde mental, professores.

Resumo

O magistério é identificado como uma profissão de alto risco, sendo a segunda profissão no ranking mundial de portadores de doenças ocupacionais. Diante disso, este estudo tem como objetivo apresentar uma revisão sistemática da literatura acerca da aplicação de técnicas de mineração de dados para analisar a saúde mental de professores. Para isso, foi realizado um levantamento em 4 bases de artigos científicos com 26 artigos sendo considerados relevantes. Como resultado, a Síndrome de Burnout esteve presente na maioria dos estudos, tendo como principal variável associada as características relacionadas ao ambiente de trabalho dos professores. Por fim, é importante ressaltar a escassez de estudos em relação a saúde mental de professores com a utilização de técnicas de mineração de dados, como é possível observar pela necessidade de reformulação da string de busca e inclusão de mais duas bases de dados para realização dessa pesquisa, tendo em vista o número reduzido de trabalhos encontrados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-01-04

Como Citar

SILVA DIAS GUSMÃO, C.; PEREIRA DE GUSMÃO, R.; GOMES FERREIRA JÚNIOR, I. Técnicas de Mineração de Dados para Investigação da Saúde Mental de Professores: Uma Revisão Sistemática. RENOTE, Porto Alegre, v. 18, n. 2, p. 368–377, 2021. DOI: 10.22456/1679-1916.110256. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/110256. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

Mineração de dados educacionais