Um jogo sério para auxiliar o ensino-aprendizagem de estudantes de medicina

Jesaías Carvalho Pereira Silva, Everton Jales de Oliveira, Ademar França de Sousa Neto, Leonardo Torres Marques, Bruno de Sousa Monteiro, Araken de Medeiros Santos, Francisco Milton Mendes Neto

Resumo


A rápida expansão da rede de faculdades de medicina trouxe um déficit na qualidade de ensino, devido à falta de infraestrutura e recursos em algumas universidades, prejudicando, assim, a formação teórica e prática dos alunos. Porém, com os avanços significativos das tecnologias móveis nos últimos anos, as instituições de ensino estão a proporcionar novos contextos e oportunidades de aprendizagem e ensino. Assim, os jogos sérios podem ser utilizados para auxiliar no ensino e aprendizagem dos estudantes. Com base neste contexto, foi desenvolvido um simulador/jogo sério com o objetivo de auxiliar o aprendizado dos alunos de medicina em casos clínicos e assuntos em gerais da área. O trabalho conta com dois projetos, o primeiro é o jogo sério mobile e o segundo é um algoritmo de aprendizado de máquina e múltiplos classificadores, utilizado para classificar doenças. Os resultados da avaliação mostram indícios de que a ferramenta tem potencial para servir de auxílio para o ensino aprendizagem para os potenciais usuários.


Palavras-chave


Jogo Sério. Simulador. Medicina. Aprendizagem. Aprendizado de Máquina.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1679-1916.110246

Direitos autorais 2021 RENOTE



RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação      ISSN 1679-1916

A RENOTE, possui a nota Qualis B1 (Ensino) e B1 (Interdisciplinar) no Sistema de Avaliação da CAPES.

Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação (CINTED) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Avenida Paulo Gama, 110 - Anexo III – 3o andar
Porto Alegre, RS, Brasil – CEP: 90040-060

Telefone: (51) 3308-4100
E-mail: renote@cinted.ufrgs.br