Aplicativos educacionais na formação de professores

Anna Helena Silveira Sonego, Aline Goulart Rodrigues, Patricia Alejandra Behar

Resumo


Esse artigo apresenta a construção de aplicativos educacionais na formação de professores como uma possibilidade de uso dos dispositivos móveis em sala de aula para o desenvolvimento da m-learning. A cada ano aumenta a quantidade de tecnologias digitais que fazem parte do nosso cotidiano, possibilitando também o seu uso no âmbito escolar. Desse modo, percebe-se que há a necessidade de explorar, criar materiais e manipular os dispositivos móveis desde a formação inicial, para que o professor tenha subsídios teórico-práticos que, posteriormente, possam ser implementados na sua prática docente. O presente estudo adotou a metodologia de estudo de caso, em uma universidade no sul do brasil, onde 60 alunos de diversos cursos de licenciaturas participaram da pesquisa. Como resultados, observou-se que a utilização de dispositivos móveis, especificamente, com a construção de aplicativos, pode ser considerada uma possibilidade para inovar no processo de ensino e aprendizagem. Além disso, é capaz de potencializar a comunicação, o compartilhamento de informações, a autoria de conteúdo, criatividade e autonomia dos envolvidos nesse processo.


Palavras-chave


aplicativos educacionais; aprendizagem móvel; dispositivos móveis; formação de professores.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1679-1916.106042

Direitos autorais 2020 RENOTE



RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação      ISSN 1679-1916

A RENOTE, possui a nota Qualis B1 (Ensino) e B1 (Interdisciplinar) no Sistema de Avaliação da CAPES.

Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação (CINTED) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Avenida Paulo Gama, 110 - Anexo III – 3o andar
Porto Alegre, RS, Brasil – CEP: 90040-060

Telefone: (51) 3308-4100
E-mail: renote@cinted.ufrgs.br