Histórico do periódico

Em 1999, a diretoria da SBC e muitos de seus membros identificaram a necessidade de criar uma nova publicação direcionada aos alunos dos diversos cursos de graduação da área de informática. Porém, não se sabia ao certo como deveria ser esta publicação.

Em 01 de agosto de 2000 foi proposta a criação de uma Revista cujo público alvo seria os graduandos da área de computação e informática. A seguir, os membros da SBC foram convidados a opinar e ajudar a definir o formato da Revista. Inicialmente muitas idéias foram apresentadas e vários tópicos foram discutidos, por exemplo, a estrutura do periódico, as normas de publicação e submissão, e os aspectos práticos da viabilização da publicação, entre outros.

Em 21 de agosto de 2000 o Prof. Antônio Maria P. de Resende, da Universidade Federal de Lavras, compilou todas as contribuições enviadas para a lista de discussões SBC-L. Em seguida, esta compilação foi encaminhada ao Diretor de Publicações da SBC na época, Prof. Ricardo de Oliveira Anido, para sua apreciação.

Em 29 de agosto de 2000, o Prof. Ricardo de Oliveira Anido nomeou os membros do Conselho Editorial da Revista, o qual inicialmente foi composto pelos seguintes membros:

  • Aleardo Manacero Jr (UNESP - Campus São José do Rio Preto)
  • Antônio Maria Pereira de Resende (UFLA)
  • Arndt von Staa (PUC-RJ)
  • Cristina Duarte Murta (UFPR)
  • José Luis Braga (UFV)
  • Ricardo Anido (UNICAMP)

Após três meses de discussões eletrônicas entre os membros do Conselho Editorial, foram compilados mais de uma centena de emails e foi elaborado o projeto final da Revista Eletrônica de Iniciação Científica da SBC, o qual foi encaminhado ao Conselho da SBC para apreciação.

Em 20 de dezembro de 2000, o Conselho Editorial da Revista Revista Eletrônica de Iniciação Científica foi notificado sobre a aprovação do projeto pelo Conselho da SBC, para o período de 1999 a 2003, nascendo assim esta Revista. O primeiro editor chefe foi o prof. Antônio Maria Pereira de Resende.

Em janeiro de 2002, o prof. Antônio Maria Pereira de Resende deixou o cargo de editor chefe da REIC. A editoria da REIC passou então a ser feita por dois editores, colaborando em processo de co-editoria. Os primeiros co-editores foram os professores Bruno de Oliveira Schneider (UFLA) e Cristina Duarte Murta (UFPR).

Em janeiro de 2003, o professor Bruno de Oliveira Schneider deixou a co-editoria, sendo substituído pelo professor Heitor Augustus Xavier de Oliveira (UFLA), e o trabalho continuou em parceria com a professora Cristina Duarte Murta (UFPR).

Em setembro de 2006, a professora Renata Galante (UFRGS) foi convidada a integrar o comitê editorial. A editoria foi então exercida pelos três professores, até que em janeiro de 2007 o professor Heitor Augustus Xavier de Oliveira deixou a editoria,  sendo recomposta a composição de dois editores.

Em janeiro de 2009 foi a vez da professora Cristina Duarte Murta deixar a REIC. Em seu lugar assumiu o professor Wagner Meira Júnior (UFMG), que iniciou o trabalho de co-editoria com a professora Renata Galante (UFRGS).

Em Janeiro de 2018 assumiram como novos co-editores da REIC Carla Delgado (UFRJ) e Weverton Cordeiro (UFRGS).