O contexto universitário enquanto mundo do trabalho segundo docentes negros: diferentes expressões de racismo e como elas acontecem

Isabela Ariane Bujato, Eloisio Moulin de Souza

Resumo


Levando em consideração a disparidade de negros no espaço acadêmico enquanto mundo do trabalho, este artigo buscou compreender como acontecem os comportamentos racistas e suas diferentes expressões no contexto universitário, considerando a vivência de docentes negros neste espaço. Para tanto, quanto a produção de dados, entrevistas semiestruturadas com cinco docentes de uma universidade pública autodeclarados negros foram realizadas a partir de um roteiro semiestruturado. Por conseguinte, produziu-se quatro categorias através da metodologia de análise de conteúdo. Diante das análises e resultados, observou-se a incidência das três expressões de racismo: institucional, estrutural e individual. É ressaltado o racismo estrutural como sendo uma expressão sempre presente nos discursos, perpassando todas as outras.


Palavras-chave


racismo; trabalho; academia; docentes; negros

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Revista Eletrônica de Administração

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

REAd - Revista Eletrônica de Administração
Escola de Administração | Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Rua Washington Luiz, 855 - Porto Alegre/RS - Brasil | CEP: 90.010-460

Correio eletrônico: ea_read@ufrgs.br