Memórias do Lixo: luta e resistência nas trajetórias de catadores de materiais recicláveis da ASMARE

Romario Rocha Sousa, Rafael Diogo Pereira, Daniel Calbino Pinheiro

Resumo


Por meio da história oral, este artigo analisa o processo de lutas e resistências dos catadores de materiais recicláveis da primeira associação de Catadores de materiais recicláveis de Minas Gerais. Após a realização da trajetória de vida e análise do discurso dos sujeitos da pesquisa, concluímos que o trabalho dos catadores ocupa um lugar de contrariedade na cadeia da reciclagem. Se por um lado o trabalho dos catadores representa o papel de um agente ambiental, por outro, as condições em que é produzido são precárias. Da mesma forma, o trabalho árduo da reciclagem cria o desafio de terem de conciliar sua atividade laboral com as demandas sociais e as reivindicações diante da não garantia de direitos trabalhistas.


Palavras-chave


Catadores de materiais recicláveis, associação, história oral.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Eletrônica de Administração

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

REAd - Revista Eletrônica de Administração
Escola de Administração | Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Rua Washington Luiz, 855 - Porto Alegre/RS - Brasil | CEP: 90.010-460

Correio eletrônico: ea_read@ufrgs.br