ANÁLISE DESCRITIVA E COMPARATIVA DAS POLÍTICAS DE FINANCIAMENTO DE DUAS EMPRESAS DE GRANDE PORTE DO SETOR DE COMÉRCIO VAREJISTA NO BRASIL

Luiz Carlos dos Santos, Ernani Viana Saraiva, Luiz Antônio de Carvalho Godinho, Jacqueline Mendes da Costa

Resumo


A decisão sobre a estrutura de capitais a ser adotada pelas organizações para a consecução de suas estratégias reveste-se de máxima importância, pode sobrepujar outras decisões estratégicas e determinar vantagem competitiva entre empresas de um mesmo setor. Por isso mesmo é matéria controversa entre os teóricos, os quais admitem não haver ainda uma metodologia pronta, capaz de levar à confecção de modelos apropriados para os vários setores do comércio, indústria e serviços, ressaltadas as variações quanto aos portes das empresas e seus contextos de mercado (concorrência, legislação tributária, políticas monetárias dos governos, variedade e acesso aos mercados e agentes financeiros, por exemplo). Neste artigo, levanta-se as principais correntes teóricas acerca do assunto e, a partir de criteriosa escolha de duas empresas de um mesmo setor, busca-se descrever e comparar as fontes de financiamentos adotadas por cada uma, abrangendo cinco exercícios contábeis. Buscou-se identificar semelhanças e diferenças entre as estruturas de capitais das empresas, seus reflexos nas performances das mesmas e eventuais sinais de aderência às correntes teóricas existentes.


Palavras-chave


Fontes de financiamento; estruturas de capitais; estratégia;

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



REAd - Revista Eletrônica de Administração
Escola de Administração | Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Rua Washington Luiz, 855 - Porto Alegre/RS - Brasil | CEP: 90.010-460
Correio eletrônico: ea_read@ufrgs.br