O processo de implantação do PROEJA na cultura escolar da educação profissional

Autores

  • Valdinei Marcolla Instituto Federal Catarinense - Campus Videira

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol34n32018.86405

Palavras-chave:

política educacional, implementação do PROEJA, cultura escolar

Resumo

Este artigo analisa a implantação da proposta pedagógica do PROEJA em um Instituto Federal, considerando a integração curricular, a construção do currículo integrado na prática pedagógica e as relações com a cultura escolar. Em uma pesquisa qualitativa inseriu-se na realidade da Instituição e do Curso, mediante coleta de documentos, observações diretas em reuniões e aulas, e entrevistas semiestruturadas com professores e alunos do curso. Os resultados explicitaram embates presentes na implementação do programa para o efetivo reconhecimento do PROEJA pela cultura escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valdinei Marcolla, Instituto Federal Catarinense - Campus Videira

Licenciado em Pedagogia (Unioeste), Mestre em Educação e Doutor em Educação (UFPel); e líder do Grupo de Pesquisa Educação, Sociedade e Linguagens no Instituto Federal Catarinense – IFC. Atua como professor do curso de Pedagogia do IFC – Campus Videira. Atuo nas áreas de Gestão Educacional e Escolar, Políticas Educacionais, Currículo e Formação de Professores.

Downloads

Publicado

2019-01-10

Como Citar

Marcolla, V. (2019). O processo de implantação do PROEJA na cultura escolar da educação profissional. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 34(3), 795–814. https://doi.org/10.21573/vol34n32018.86405