Critérios de movimentação na carreira de professores da educação básica em doze capitais brasileiras

Autores

  • Margarita Victoria Rodríguez
  • Dalva Valente Guimarães Gutierres
  • Jorismary Lescano Severino

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol34n22018.84108

Palavras-chave:

política educacional, plano de cargos e carreira, valorização profissional.

Resumo

O texto focaliza os critérios de movimentação na carreira docente de 12 capitais brasileiras, com base em estudo documental. As carreiras dos professores analisadas apresentam particularidades, como critérios de movimentação na carreira diferenciados, com destaque para a titulação na movimentação vertical e o tempo de serviço, a avaliação de desempenho para a progressão horizontal. A movimentação na carreira é condicionada por fatores tais como os limites orçamentários, bem como o não cumprimento das normas legais que regulam a carreira por parte dos governantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-09-01

Como Citar

Rodríguez, M. V., Gutierres, D. V. G., & Severino, J. L. (2018). Critérios de movimentação na carreira de professores da educação básica em doze capitais brasileiras. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 34(2), 479–499. https://doi.org/10.21573/vol34n22018.84108

Edição

Seção

Dossiê: Remuneração de professores de escolas públicas de Educação Básica no contexto do FUNDEB e PSPN