Estudo sobre os vencimentos de professores da rede estadual de São Paulo (1996-2014)

Rubens Barbosa de Camargo, João Batista Silva dos Santos, José Quibao Neto

Resumo


O presente artigo tem por objetivo analisar os vencimentos dos professores da Rede Estadual de Ensino de São Paulo (REE/SP). Para compreender essa parte da remuneração dos docentes da rede estadual paulista, o artigo analisa o vencimento inicial e o final no período de 1996 a 2014, sua evolução e correlações entre si. Ainda, para aprofundar o debate e as comparações, o artigo considera as relações entre os vencimentos da REE/SP com o Piso Salarial Profissional Nacional do Magistério Público da Educação Básica e com os vencimentos registrados em redes de outros estados, comparando e mostrando em que posição, em termo de vencimentos pagos aos docentes, encontra-se nacionalmente a REE/SP. Por fim, relacionar-se-á a evolução dos vencimentos da REE/SP com os indicadores salariais “Salário Mínimo” e “Salário Mínimo Necessário”.

Palavras-chave


Rede estadual de ensino de São Paulo; vencimentos; remuneração docente.

Texto completo:

PDF

Referências


ARELARO, Lisete Regina. O ensino fundamental no Brasil: avanços, perplexidades e tendências. Educ. Soc., Campinas, vol. 26, n. 92, p. 1039-1066, Especial - Out. 2005. Disponível em: < http://www.cedes.unicamp.br/ > Acesso em: 21 de abril de 2016.

BRASIL. Constituição Federal de 1988. Disponível em < http://www.planalto.gov.br>. Acesso em: 10 Abr./2016.

______. Decreto-Lei nº 2.162, de 1º de maio de 1940. Institui o salário mínimo e dá outras providências, 1940. Disponível em < http://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1940-1949/decreto-lei-2162-1-maio-1940-412194-publicacaooriginal-1-pe.html>. Acesso em: 10 Abr./2016.

______. Lei nº 11.738 de 16 de Julho de 2008. Regulamenta a alínea “e” do inciso III do caput do art. 60 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, para instituir o piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica.

DIEESE. Metodologia da Cesta Básica de Alimentos. São Paulo, 2009. Disponível em: https://www.dieese.org.br/metodologia/metodologiaCestaBasica.pdf.

JACOMINI, M.A.; MINHOTO, M.A.; CAMARGO, R.B. Financiamento da educação e remuneração docente na educação básica: uma abordagem a partir de planos de carreira, vencimentos e composição remuneratória em 2010. Porto Alegre: Revista Fineduca, Volume 2, n.10, 2012.

NASCIMENTO, A.P.S.; MEDINA, R.R.A; CAMARGO, R.B. Composição salarial dos docentes da rede estadual paulista – uma análise a partir do Boletim de Acompanhamento de Pessoal da SEE-SP – 1996 – 2010. In:. IV Congresso Ibero Americano de Política e Administração da Educção. Porto: Cadernos da ANPAE, 2014. v. 18.

QUIBAO NETO, José. Docentes não concursados na Rede Estadual de Ensino de São Paulo: ordenamento jurídico, perfil e remuneração. 2015. 240 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015.

SÃO PAULO (Estado). Decreto nº 54.297, de 5 de maio de 2009. Cria a Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Professores do Estado de São Paulo e dá outras providências. São Paulo, 2009a. Disponível em: . Acesso em: 6 maio 2012.

______. Decreto nº 55.217, de 21 de dezembro de 2009. Regulamenta a Lei Complementar nº 1.097, de 27 de outubro de 2009, que institui o sistema de promoção para os integrantes do Quadro do Magistério da Secretaria da Educação e dá outras providências. São Paulo, 2009b. Disponível em: . Acesso em: 6 maio 2012.

______. Lei Complementar nº 836, de 30 de dezembro de 1997. Institui Plano de Carreira, Vencimentos e Salários para os integrantes do Quadro do Magistério da Secretaria da Educação e dá outras providências correlatas. São Paulo, 1997. Disponível em: . Acesso em 10 mar. 2012.

______. Lei Complementar nº 1.097, de 27 de outubro de 2009. Institui o sistema de promoção para os integrantes do Quadro do Magistério da Secretaria da Educação e dá outras providências. São Paulo, 2009c. Disponível em: . Acesso em: 5 dez.2010.

______. Lei Complementar nº 1.143, de 11 de julho de 2011. Dispõe sobre a reclassificação de vencimentos e salários dos integrantes do Quadro do Magistério da Secretaria da Educação, e dá providências correlatas. São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/lei.complementar/2011/lei.complementar-1143-11.07.2011.html > Acesso em: 5 maio 2012.

______. Resolução SE nº 21, de 22 de março de 2005. Dispõe sobre a Evolução Funcional pela via não acadêmica, dos integrantes do Quadro do Magistério. São Paulo, 2005. Disponível em: . Acesso em: 5 maio 2012.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Disponível em: < http://www.ibge.gov.br/estadosat/perfil.php?sigla=sp > Acesso em: 21 de abril de 2016.




DOI: https://doi.org/10.21573/vol33n12017.72837

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573