Enem: uma análise do efeito das políticas públicas educacionais em Alagoas e a comparação do resultado do ranking com os demais estados do Nordeste

Daniel Cabral de Almeida, Victor Hugo Lessa Pierre, Carlos Eugênio Silva da Costa, Luciana Peixoto Santa Rita, Ibsen Mateus Bittencourt Santana Pinto

Resumo


O artigo analisa os resultados de Alagoas no ranking do Exame Nacional do Ensino Médio entre 2013 e 2015, comparando-os com os demais estados do Nordeste.  Identificam-se as especificidades que contribuem para a conquista das melhores notas e a aplicação das políticas públicas educacionais em Alagoas. Usou-se a abordagem de pesquisa quali-quantitativa. Identificou-se que as escolas da Bahia e de Pernambuco detêm os melhores resultados do Nordeste e estimou-se que o nível socioeconômico tem grande influência nos resultados das escolas.  Registrou-se ainda que o indicador de formação docente parece não ser ponto chave na elevação das notas.

Palavras-chave


Ranking do ENEM; políticas públicas educacionais; Alagoas

Texto completo:

PDF

Referências


AGÊNCIA ALAGOAS. Notícias. Disponível em Acesso em 4 de jan. 2017.

ANDRADE, Eduardo; SOIDA, Ivan. A qualidade do ranking das escolas de Ensino Médio baseado no ENEM é questionável. Estudos Econômicos, v. 45, n. 2, p. 253-286, São Paulo, 2015.

ANDRIOLA, Wagner Bandeira. Doze motivos favoráveis à adoção do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) pelas Instituições Federais de Ensino Superior (IFES). Ensaio: Aval. Pol. Públ. Educ., v. 19, n. 70, p. 107-25, 2011.

BARBOSA FILHO, F. H.; PESSOA, S. A. Educação e Crescimento: o que a evidência empírica e teórica mostra? Revista Brasileira de Economia, v. 11, p. 265-303, 2010.

CRESWELL, J. W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. Porto Alegre: Artmed, 2007.

CURI, Andréa Zaitune et al. A relação entre mensalidade escolar e proficiência no enem. XXXVII Encontro Nacional de Economia [Proceedings of the 37th Brazilian Economics Meeting]. Anais... 2009.

DOURADO, Luiz Fernandes; CATANI, Afrânio Mendes; OLIVEIRA, João Ferreira. Políticas públicas e reformas da educação superior no Brasil: impasses e perspectivas. Pro-Posições, v. 15, n. 3, p. 91-115, 2016.

FREY, Klaus. Políticas públicas: um debate conceitual e reflexões referentes à prática da análise de políticas públicas no Brasil. Planejamento e políticas públicas, Rio de Janeiro, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), n. 21, p. 211-259, jun 2000.

INEP. Exame Nacional do Ensino Médio 2015. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas educacionais Anísio Teixeira, 2016. Disponível em: . Acesso em: 3 jan. 2017.

KAVESKI, Itzhak David Simão; MARTINS, José Augusto Sousa ; SCARPIN, Jorge Eduardo . A eficiência dos gastos públicos com o ensino médio regular nas instituições estaduais brasileiras. Enfoque: Reflexão Contábil, v. 34, p. 29-43, 2015.

MENEZES FILHO, Naércio A. Os determinantes do desempenho escolar do Brasil. São Paulo: IBMEC. Sumário Executivo, 2007. Disponível em: . Acesso em: 5 de jan. 2017.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Pacto do Ensino Médio. Disponível em: . Acesso em: 4 de jan. 2017.

OLIVEIRA, Adão F. de; PIZZIO, Alex; FRANÇA, George. Políticas públicas educacionais: conceito e contextualização numa perspectiva didática. In: Oliveira, A. F.. (Org.). Fronteiras da Educação: desigualdades, ontologia e políticas educacionais. 01ed.Goiânia: Editora da PUC Goiás, 2010, v. 01, p. 95-104.

SANTOS, Boaventura de Sousa. A universidade no século XXI: para uma reforma democrática e emancipatória da universidade. Cortez, 2004.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO. Comunicação. Disponível em Acesso em 4 de jan. 2017.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO. Comunicação. Disponível em Acesso em 4 de jan. 2017.

PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DE ALAGOAS. Transparência. Disponível em Acesso em 25 de jan. 2017.

PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DE SERGIPE. Transparência Sergipe. Disponível em Acesso em 25 de jan. 2017.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS. Aulão Pré ENEM Comunitário. Disponível em: . Acesso em 4 de jan. 2017.




DOI: https://doi.org/10.21573/vol33n22017.70879

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573