Riscos e potencialidades na expansão dos cursos de licenciatura em Educação do Campo

Mônica Castagna Molina, Salomão Mufarrej Hage

Resumo


O artigo analisa as Licenciaturas em Educação do Campo enquanto política pública conquistada pelo campesinato, referenciando-se nas categorias do materialismo histórico dialético. Através de pesquisa bibliográfica, documental e de campo, buscou-se compreender riscos e potencialidades no processo de institucionalização destes cursos. A análise priorizou o ingresso dos camponeses na Educação Superior; a concepção da Alternância Pedagógica nos cursos e a consolidação da Educação do Campo como área de produção de conhecimento, evidenciando situações capazes de maximizar ou descaracterizar os efeitos dessa política.

Palavras-chave


Educação superior; educação do campo; políticas públicas.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Antonia Lucineire; CHAMOM, Edna Maria Querido de Oliveira. Educação do Campo: Estado da Arte das Teses de 2001 a 2011. In: Congresso Internacional Interdisciplinar e Sociais E Humanidades, Niterói. Anais... Rio de Janeiro: ANINTER-SH/ PPGSD-UFF, 2012.

ANGELO, Aline A. O que é ser educador do campo: os sentidos construídos pelos estudantes do Curso de Licenciatura em Educação do Campo da FaE/UFMG. 2013. 150p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de São João del Rei, São João del Rei-MG, 2013.

ANJOS, Maura Pereira dos; SILVA, Maria Célia Vieira da; MOLINA, Mônica Castagna. Materialização da licenciatura em educação do campo: reflexões a partir da alternância pedagógica. In: XXIV Seminário Nacional Universitas/Br, 24., Maringá. Anais... . Maringá: Rede Universitas/Br, 2016. p. 1825-1842. Disponível em: . Acesso em: 20 set.2016.

BARBOSA, Anna Isabel C. A organização do trabalho pedagógico na Licenciatura em Educação do Campo/UnB: do projeto às emergências e tramas do caminhar. 2013. 352p. Tese Doutorado em Educação) – Universidade de Brasília, Brasília. 2013.

BATISTA, Juliana A. Práticas de letramentos: cartilhas das minibibliotecas na formação de educadores Kalunga na Licenciatura em Educação do Campo da UnB. 2014. 121p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2014.

BENTES, Elane S.. 2014. Os desafios da Licenciatura em Educação do Campo no IFPA - Campus Abaetetuba. 128p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade

Federal do Pará, Belém, 2014.

BRASIL. Decreto nº 7.352, de 04 de dezembro de 2010. Dispõe sobre a política de Educação do Campo e o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária – Brasília: Imprensa Nacional, 2010. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/decreto/d7352.htm>. Acesso em: 17 mar.2015.

______.SESu/SETEC/SECADI. Edital nº 02, de 31 de agosto de 2012. Chamada Pública para seleção de IFES e IFET, para criação de cursos de Licenciatura em Educação do Campo. Brasília: Imprensa Nacional: 2012.

CASTRO, Wanessa de. Formação de Educadores e Tecnologias Digitais: Relações e desafios na Licenciatura em Educação do Campo da UnB. 2014. 241p. Tese (Doutorado em em Educação) – Universidade de Brasília, 201

COSTA, Elaine M. Formação do Educador do Campo: um estudo a partir do Procampo. 2012. 208p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual do Pará. Belém, 2012.

COSTA, Gelson K.da. Uma análise dos Projetos Políticos Pedagógicos dos cursos de Licenciatura em Educação do Campo no Estado do Paraná. 2013. 110p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual do Oeste do Paraná. –PR, 2013

FERREIRA, Márcio. Comunicação e Tecnologias da Informação na formação de educadores para ampliação das perspectivas críticas dos sujeitos na Licenciatura em Educação do Campo da UnB. 2014. 296p. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade de Brasília, 2014.

FERREIRA, Maria Jucilene L. Docência na escola do Campo e Formação de Educadores: Qual o lugar do trabalho coletivo? 2015.238p. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade de Brasília, 2015

GOMES, Thiago Oliveira. Formação Superior em Agroecologia e Educação do Campo: Práticas sociais que transbordam áreas de conhecimento. 2014. 132p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Viçosa, 2014.

IPEA. II PNERA. Relatório da II Pesquisa Nacional sobre a Educação na Reforma Agrária. Brasília: Ministério do Desenvolvimento Agrário, Jun. 2015.

INEP. Censo da Educação Superior 2015. IN: http://sistemascensosuperior.inep.gov.br/censosuperior_2015/. Acesso em 10/09/2016.

LOPES, Eloisa A. de Melo. Vídeo como ferramenta no processo formativo de licenciandos em Educação do Campo. 2014.139p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2014.

MACHADO, Catarina dos Santos. Formação de educadores e a construção da escola do campo: um estudo sobre a prática educativa no Colégio Estadual Vale da Esperança - Formosa/GO. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2014

MARQUES, Emiliana Maria Diniz et al. Concepções e práticas da Licenciatura em Educação do Campo/LICENA/UFV. In: XXIV Seminário Nacional Universitas/Br, 24., Maringá. Anais... . Maringá: Rede Universitas/Br, 2016. p. 1661-1674.. Disponível em: . Acesso em: 20 set.2016.

MARTINS-AUGUSTO, Katja P. C. As TIC´S na Educação do Campo: uma análise da situação do Estado do Rio de Janeiro. 2014. 363p. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2014.

MEDEIROS, Maria Osanette de. Novos olhares, novos significados: a formação de educadores do campo. 2013. 252p. Tese (Doutorado em em Educação) – Universidade de Brasília, 2013

MIRANDA , Cássia Ferreira ett all. Caminhos e Horizontes da Licenciatura em Educação do Campo na Região do Bico do Papagaio. Apresentação no In: XXIV Seminário Nacional Universitas/Br, 24., Maringá. Anais... . Maringá: Rede Universitas/Br, 2016. p. 1661-1674.

MOLINA, Mônica C. Expansão das Licenciaturas em Educação do Campo: desafios e potencialidades. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, n. 55, p. 145-166, jan./mar. 2015.

MOLINA, Mônica Castagna; HAGE, Salomão. Política de formação de educadores do campo no contexto da expansão da educação superior. Revista Educação em Questão, Natal, v. 51, n. 37, p. 121-146, jan./abr. 2015.

PEREIRA, Elisangela N. A Contribuição da Organicidade na formação dos educadores do território Kalunga na Licenciatura em Educação do Campo da UnB. 2013. 93p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2013.

PEREIRA, Maria de Lourdes S. As contribuições da Licenciatura em Educação do Campo da UnB na transformação das relações de gênero no Assentamento Vigilândia-GO. 2014. 94p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2014.

RIBEIRO, Marlene. Contradições na relação trabalho-educação do campo: a Pedagogia da Alternância. Trabalho & Educação, v.17, n. 2, p. 131-144, maio / ago. 2008. Disponível em:< http://www.portal.fae.ufmg.br/revistas/index.php/trabedu/article/download/335/304>. Acesso em: 20 set. 2016.

SÁ, Josinalva R. Licenciatura em Educação do Campo: propostas em disputa na perspectiva de estudantes do Curso de Matemática da UFMG. 20162016.

SANTOS, Clarice A. Educação do Campo e políticas públicas no Brasil: a instituição de políticas públicas pelo protagonismo dos movimentos sociais do campo na luta pelo direito à educação. 2010.109p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2010.

SANTOS, Cláudio E. F. Relativismo e escolanovismo na formação do educador: uma análise histórico-crítica da Licenciatura em Educação do Campo. 2011. 268p. Tese (Doutorado em em Educação) – Universidade Federal da Bahia, Salvador, Bahia, 2011.

SANTOS, Ramofly Bicalho dos; ABBONIZIO, Aline. A Pedagogia da Alternância e a Licenciatura em Educação do Campo na UFRRJ. In: XXIV Seminário Nacional Universitas/Br, 24., Maringá. Anais... . Maringá: Rede Universitas/Br, 2016. p. 1631-1644. Disponível em: . Acesso em: 20 set.2016.

SANTOS, Silvanete Pereira. A concepção de Alternância na Licenciatura em Educação do Campo na Universidade de Brasília. 2012, 163p. Dissertação (Mestrado em Educação) –Universidade de Brasília. Brasília, 2012.

SILVA, Júlio C. Pereira da, A formação política do educador do campo: estudo do curso de Licenciatura em Educação do Campo da UnB.

SILVA, Vicente de Paulo B. V. A formação de valores cooperativos e as transformações nas práticas educativas: um estudo de caso de educandos da Licenciatura em Educação do campo da UnB, no assentamento Itaúna-GO. 2013. 263p. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade de Brasília, 2013

SOUZA, Amarildo H. Licenciatura em Educação do Campo e movimentos sociais: Análise do curso da UFMG. 2014. 156p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa-MG, 2014.

TEIXEIRA, Edival Sebastião; BERNARTT, Maria de Lourdes; TRINDADE, Glademir Alves. Estudos sobre Pedagogia da Alternância no Brasil: revisão de literatura e perspectivas para a pesquisa. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.34, n.2, p. 227-242, maio/ago. 2008.

TRINDADE, Domingos R. 2011 O potencial da Licenciatura em Educação do Campo da Universidade de Brasília para a produção de ações

contra-hegemônicas: um estudo de caso no Assentamento Itaúna em Planaltina de Goiás. 168p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2011.

TRINDADE, Domingos Rodrigues. A alternância como elo articulador na formação de educadores e educadoras do campo. Cadernos Ceru, série 2, v. 22, n. 1, p.257-267, jun. 2011.

______. O potencial da Licenciatura em Educação do Campo da Universidade de Brasília para a produção de ações contra hegemônicas: um estudo de caso no Assentamento Itaúna em Planaltina de Goiás. (2011). 168p. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Brasília, Brasília, 2011.




DOI: https://doi.org/10.21573/vol32n32016.68577

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573