A interdisciplinaridade e a arte do malabarismo na formação de professores e professoras

Eliana Póvoas Pereira Estrela Brito

Resumo


O presente trabalho analisa dois Projetos de Cursos de Licenciaturas Interdisciplinares em Humanidades. Um deles, ofertado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e o outro, pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Busca compreender como a interdisciplinaridade é trabalhada nos Projetos Pedagógicos desses cursos e quais são as implicações para o perfil do profissional que se propõem formar. A análise identificou que a interdisciplinaridade seguiu abordagens diferentes em cada um dos projetos pedagógicos, mas, orientados por disposições legais comuns às licenciaturas, os dois cursos orientam-se pela lógica curricular disciplinar comprometendo a formação interdisciplinar a ser certificada aos futuros profissionais do magistério da Educação Básica.

Palavras-chave


Licenciaturas interdisciplinares; formação de professores; currículo.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. MEC/CNE. Parecer n° 266, de 06 de julho de 2011. Diário Oficial da União. Brasília (DF), 14 out. 2011, seç.1, p. 16. Disponível em: . Acesso em: 26 fev. 2016.

BRASIL.MEC/SESu. Diretrizes Gerais do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI. Brasília, DF: MEC: SESu, 2007b. Disponível em: . Acesso em: 26 jan. 2016.

BRASIL. Decreto nº 6.096, de 24 de abril de 2007. REUNI. Diário Oficial da União. Brasília (DF), 25 abr. 2007. Disponível em: . Acesso em: 20 jul. 2015.

BRASIL/CNE. Parecer CNE-CP nº 09, de 08 de maio de 2001. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena Brasília: Conselho Nacional de Educação, 2001. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/009.pdf. Acessado em: 18 de julho de 2014.

BRASIL. Lei n° 9394/96. Diário Oficial da União. Brasília, 20 de dezembro de 1996. Disponível em: . Acesso em: 13 jul. 2014.

BRASIL/CNE. Resolução CNE/CP 2/2002. Diário Oficial da União, Brasília, 4 mar. 2002a. Disponível em: . Acesso em: 13 jul. 2014.

BRASIL/CNE. Resolução CNE/CP 1/2002. Diário Oficial da União, Brasília, 09 abr. 2002b. Disponível em: . Acesso em: 13 jul.2014.

BRASIL/SESu. Referenciais Orientadores para os Bacharelados Interdisciplinares e Similares. Brasília, DF: MEC/SESu, 2010. Documento elaborado pelo Grupo de Trabalho instituído pela Portaria SESu/MEC No. 383, de 12 de abril de 2010. Disponível em: . Acesso em: 29 out. 2011.

BRASIL/Ministério da Educação. CNE. Parecer CNE-CP nº 02, de 09 de junho de 2015. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial e Continuada dos Profissionais do Magistério da Educação Básica. Brasília: Conselho Nacional de Educação, 09 de junho de 2015.Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=17719-res-cne-cp-002-03072015&category_slug=julho-2015-pdf&Itemid=30192. Acessado em: 20 de julho de 2016.

ETGES, N. Ciência, interdisciplinaridade e educação. In: JANTSCH, A.; BIANCHETTI, L. (Org.). Interdisciplinaridade: para além da filosofia do sujeito. Petrópolis: Vozes, 1995. p. 51-84.

FAZENDA, I. A. Interdisciplinaridade: história, teoria e pesquisa. 4ª edição. Campinas: Papirus, 1994.

FOUCAULT, M. A ordem do discurso. Edições Loyola, São Paulo, Brasil, 1994.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Petrópolis: Vozes, 1988.

JANTSCH, A.; BIANCHETTI, L. (Org.). Interdisciplinaridade: para além da filosofia do sujeito. Petrópolis: Vozes, 1995.

JAPIASSU, H. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Rio de Janeiro: Imago, 1976.

LÜCK, H. Pedagogia interdisciplinar: fundamentos teórico-metodológicos. Petrópolis: Vozes, 1995.

MELO, A. I. S. C. de; ALMEIDA, G. Interdisciplinaridade: possibilidades e desafios para o trabalho profissional. In: Capacitação em Serviço Social e Política Social: o trabalho do assistente social e as políticas sociais, Módulo 4: Brasília: NED/Cead – Universidade de Brasília,2000. pp.23-44 Brasília: UNB/CEAD, 2000. (V. 4).

MORIN E. O método 6: ética. Porto Alegre: Sulina; 2005.

MUELLER, R.; JANTSCH, A.; BIANCHETTI, L. Interdisciplinaridade, pesquisa e formação de trabalhadores: as interações entre o mundo do trabalho e da educação. In: JANTSCH, A.; BIANCHETTI, L. (Org.). Interdisciplinaridade: para além da filosofia do sujeito. Petrópolis: Vozes, 1995.

POMBO, O. Interdisciplinaridade e integração dos saberes. Liinc em Revista, v. 1, n. 1,

p. 3-15, mar. 2004. Disponível em: . Acesso em: 2 fev. 2015.

PORTO, M. F. de S.; ALMEIDA, G. E. S. de. Significados e limites das estratégias de integração disciplinar: uma reflexão sobre as contribuições da saúde do trabalhador. Ciência e Saúde coletiva, v. 7, n. 2, 2002. Pp.335-347. Disponível em: . Acesso em: 20 de fev. 2016.

UFBA. Universidade Federal da Bahia. Projeto Pedagógico dos Bacharelados Interdisciplinares. UFBA: Salvador, julho de 2008. Disponível em: https://www.ufba.br/sites/devportal.ufba.br/files/implant_reuni.pdf. Acesso em: 15 de fev. 2016.

UFMA. Universidade Federal do Maranhão. Curso de Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Humanas/História. Projeto Político-Pedagógico. UFMA: São Luiz, 2013. Disponível em: http://www.ufma.br/portalUFMA/arquivo/6i1dwtZiVsbEKhE.pdf. Acesso em: 18 de janeiro, 2016.

UNIPAMPA. Universidade Federal do Pampa. Projeto de Graduação Licenciatura em Ciências Humanas. UNIPAMPA: São Borja, 2011. Disponível em: http://cursos.unipampa.edu.br/cursos/cienciashumanas/files/2012/02/licenciatura-em-Ci%C3%AAncias-Humanas-04-10-20111.pdf. Acesso em: 18 de janeiro, 2016.




DOI: https://doi.org/10.21573/vol33n12017.67488

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573