Avaliação institucional e trabalho docente: repercussões, desafios e perspectivas

Lúcia Maria de Assis

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa bibliográfica que buscou apreender como as políticas de avaliação institucional repercutem no trabalho dos professores da educação superior em estudos publicados entre 1996-2013. A metodologia foi traçada a partir de uma busca em periódicos educacionais, comunicações da Anped, Teses e Dissertações. Fundamenta-se em Dias Sobrinho (2002, 2003), Sguissardi (2009, 2011, 2014), Freitas (2012) e Afonso (2012). Conclui-se que a avaliação institucional, pautada nos resultados do Enade, tem priorizado os aspectos formais em detrimento dos aspectos formativos e, por isso, tende a esgotar seu potencial de estimular a melhoria acadêmica nas IES. Tem também aumentado a tensão junto aos docentes por melhores resultados no hanking, e definido os currículos dos cursos de modo a adequá-los à prova do Enade.

Palavras-chave


Política Educacional; Educação Superior; Avaliação Institucional; Trabalho Docente

Texto completo:

PDF

Referências


AFONSO, A. J. Para uma concetualização alternativa de accountability em educação. In: Revista Educação e Sociedade.Vol. 33, número 119, abr.- jun 2012. São Paulo: Cortez; Campinas, Cedes, 2012.

AMARAL, Nelson Cardoso. Financiamento da Educação Superior: Estado X Mercado. São Paulo: Cortez; Piracicaba, SP Ed. Unimep, 2003.

ANDRIOLA, Cristiany Gomes. Avaliação da atuação dos docentes de instituições de ensino superior (ies): o caso da faculdade cearense (fac). 01/03/2011 81 f. Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior Instituição de Ensino: Universidade Federal do Ceará Biblioteca Depositária: Biblioteca de Ciências Humanas, 2011.

ASSIS, Lúcia Maria de; AMARAL, Nelson Cardoso. Avaliação da educação: por um sistema nacional. In: Revista Retratos da Escola / Escola de Formação da CNTE (Esforce). Vol 7, número 12, jan-jun 2013. Brasília: CNTE, 2013.

_________. Repercussão das políticas públicas de avaliação institucional na docência: o que pensam os professores e os estudantes. In: OLIVEIRA, João Ferreira (Org.) O campo universitário no Brasil: políticas, ações e processos de reconfiguração. Campinas/SP: Ed Mercado das Letras, 2011.

________.Avaliação institucional e prática docente na educação superior: tensões, mediações e impactos. (tese) Goiânia: 2008, 249f. Universidade Federal de Goiás, 2008.

AVILA, Sueli de Fátima Ourique de. As Transformações do Trabalho Docente através da Produção Escrita da Anped (1996-2009). UERJ. Anais da 34ª Anped, GT 09, 2011.

BERTELLI, Eliseu Miguel. Avaliação Institucional: trajetória da Faculdade de Pato Branco (FADEP). Curitiba: 2004. 148f. Dissertação (Mestrado) – Pontifícia Universidade Católica do Paraná. 2004.

CONCEICAO, Maria de Fatima da. Política de Avaliação da Educação Superior da Universidade Federal Do Tocantins-UFT no Contexto do Sinaes: entre Avaliadores e Avaliados. 01/08/2011 154f. Mestrado Profissional em Avaliação de Políticas Públicas Instituição de Ensino: Universidade Federal do Ceará. Biblioteca Depositária: Biblioteca de Humanidades, 2011.

CORREIA, Anna Elizabeth Galvão Coutinho. A Influência Exercida pelo Sistema de Avaliação da Capes na Produção Científica dos Programas de Pós-Graduação em Física. 01/05/2012, 214f. Doutorado em Ciências da Informação Instituição de Ensino: Universidade Federal de Minas Gerais. Biblioteca depositária: Biblioteca Universitária, 2012.

COSTA, Janine de Lucena. E agora? Quem me avalia é o aluno: um estudo sobre a avaliação do desempenho docente. Brasília: 2007. 119 f. Dissertação (Mestrado) –Universidade de Brasília, 2007.

CURI, Luiz Roberto Liza. O Paroxismo da Qualidade: Avaliação do Ensino Superior no Brasil. 01/09/2011 290f. Doutorado em Ciência Econômica Instituição de Ensino: Universidade Estadual de Campinas Biblioteca depositária: Biblioteca Central.

DIAS SOBRINHO, J. Avaliação Quantitativa, avaliação qualitativa – interações e ênfases. In: SGUISSARDI, V. (Org). Avaliação universitária em questão – reformas do estado e da educação superior. Campinas/SP: Autores Associados, 1997.

______. Campo e Caminhos da Avaliação: a avaliação da educação superior no Brasil. In: FREITAS, L. C. (Org.) Avaliação: construindo o campo e a crítica. Florianópolis: Insular, 2002.

______.Universidade e Avaliação: entre a ética e o mercado. Florianópolis: Insular, 2002.

FREITAS, Luiz Carlos de. Os reformadores empresariais da educação: da desmoralização do magistério à destruição do sistema público de educação. In: Revista Educação e Sociedade. Vol. 33, número 119, abr.- jun 2012. São Paulo: Cortez; Campinas, Cedes, 2012.

FONSECA, Andréa Augusta. A avaliação institucional e os sentidos da auto-avaliação para os professores do Centro Universitário SENAC. (Mestrado) São Bernardo do Campo: Universidade Metodista de São Paulo, 2006.

JUNIOR, William Pessoa da Mota. Os Impactos do Sistema Capes de Avaliação sobre o Trabalho Docente na Pós-Graduação: o Caso da UFPA. 01/04/2011 208 f. Mestrado Acadêmico em Educação Instituição de Ensino: Universidade Federal do Pará Biblioteca Depositária: Biblioteca Profª Elcy Rodrigues Lacerda – ICED – UFPA, 2011.

MARINS, Isabela Cristina. A Política de Avaliação da Pós-Graduação: contradições diante da aprendizagem e cidadania docente. 01/11/2012 200f. Mestrado Acadêmico em Educação Instituição de Ensino: Universidade Católica de Brasília Biblioteca depositária: UCB, 2012.

MARTINS, Maria Inês. Impactos do exame nacional de cursos e da qualificação do corpo docente sobre o curso de odontologia da PUC Minas. UNICAMP. Anais da 23ª Anped, GT 11, 2000.

MAUÉS, Olgaíses. A política de educação superior para a formação e o trabalho docente: a nova regulação educacional. UFPA. Anais da 31ª Anped, GT-11, 2008.

NICHES, Cláudia Cardoso. O Mal-Estar Docente na Perspectiva de Professores de História. UNISINOS. Anais da 34ª Anped, GT 08, 2011.

OLIVEIRA, Ana Paula Vasconcelos de. Avaliação Institucional: Desempenho Docente na Educação Superior. 01/07/2011 101 f. Mestrado Acadêmico em Educação Instituição de Ensino: Universidade Federal do Ceará Biblioteca depositária: Biblioteca de Ciências Humanas, 2011.

RIBEIRO, Elisa Antonia. As atuais políticas públicas de avaliação para a educação superior e os impactos na configuração do trabalho docente. Revista Avaliação (Campinas) [online]. vol.17, n.2, 2012. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-40772012000200002.

SANCHES, Maria Geli. Avaliação institucional no ensino superior: um estudo de caso. Goiânia: 2010. 159f. Dissertação (Mestrado) – Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Centro Universitário de Anápolis – UniEvangelica, Mestrado Interinstitucional em Educação, 2010.

SGUISSARDI, Valdemar. Estudo diagnóstico da política de expansão da (e acesso à) educação superior no Brasil 2002-2012. Projeto de Organismo Internacional OIE/BRA/10/002, Edital n. 051/2014 SESU. Piracicaba/SP; Brasília/DF 2014.

___________e SILVA Jr. João dos Reis. Trabalho Intensificado nas federais; pós-graduação e produtivismo acadêmico. São Paulo: Xamã, 2009.

___________. Para avaliar propostas de avaliação do ensino superior. In: SGUISSARDI, Valdemar. Avaliação Universitária em questão: reformas do estado e da educação superior. Campinas, SP: Autores Associados, 1997.

SILVA, Assis Leão. Impasses e perspectivas das CPAs após a introdução dos índices gerais. UFPE. Anais da 34ª Anped, GT 11, 2011.

SILVA, Maria das Graças Martins. Trabalho docente na pós-graduação: a lógica da produtividade em questão. Rio Grande do Sul: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2008.

SOUSA, Jose Ribamar de Brito. Práticas avaliativas de elaboração de testes, especialmente de questões dissertativas, utilizadas pelos professores do curso de Pedagogia da Fap/Teresina e os sentidos de Enade. 01/06/2012, 136f. Mestrado Acadêmico em Educação Instituição de Ensino: Fundação Universidade Federal do Piauí Biblioteca depositária: Jornalista Carlos Castelo Branco, 2012.

SOUSA, José Vieira. Racionalidades e práticas no uso dos resultados do enade 2008: o caso dos cursos de licenciatura da Universidade de Brasília. UnB. Anais da 34ª Anped, GT 11, 2011.

SOUZA, Sandra Zákia Lian de e REAL, Giselle Martins. Resultados e vicissitudes da avaliação da educação superior: mecanismos implementados em Mato Grosso do Sul (1995 a 2002). Revista Educação e Sociedade [online]. vol. 30, n.107, 2009. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0101-73302009000200009.

TIRADENTES, Aparecida de. “Tem que fazer! Se não fizer, não trabalha mais aqui!”: trabalho docente e formação humana no quadro de internacionalização, fusões, aquisições e reestruturação do “mercado” da educação superior. FIOCRUZ. Anais da 33ª Anped, GT 09, 2010.

WORDELL, Eleni Hosokawa. Conceito Cinco no Enade em Cursos de Pedagogia: Que Referenciais estão em Jogo? 01/06/2012 255 f. Mestrado Acadêmico em Educação. Universidade de Brasília. Biblioteca Depositária: BCE UNB, 2012.




DOI: https://doi.org/10.21573/vol32n22016.63570

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573