A valorização dos docentes de educação básica no Uruguai no quadro das políticas nacionais de educação

Elsa Gatti

Resumo


Neste trabalho se analisa as características peduliares do Uruguai em matéria de organização escolar, sobretudo no que diz respeito à relação entre Estado, política e educação e sua tradição de autonomia escolar que remonta às origens da escola pública no país. A formação docente tem nível terciário, mas não reconhecimento universítário, embora as exigências de ingresso, permanência e conclusão sejam similares à da Universidade da República. O texto sublinha o nó ideológico e os dilemas éticos e políticos que estão por trás das polêmicas e conflitos ainda não resolvidos em matéria de formação docente.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21573/vol25n32009.19657

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573