DESAFIOS DA PRÁXIS FREIRIANA EM TEMPOS DE PANDEMIA: ENSINO REMOTO E A GESTÃO EDUCACIONAL NO PROEJA

Autores

  • Edna Castro de Oliveira Universidade Federal do Espírito Santo - UFES -- Departamento de Educação Política e Sociedade do Centro de Educação, Vitória, ES, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-0798-7090
  • Aldo Rezende Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo, Ifes, Coordenadoria de Curso do PROEJA, Vitória, ES, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-7239-1002
  • Maria José de Resende Ferreira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo, Ifes, Programa de Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica - ProfEPT, Vitória, ES, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-9442-0468
  • Patrícia Helmer Falcão Universidade Federal do Espírito Santo - UFES, Pró-Reitoria de Graduação, Vitória, ES, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-4325-5591

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol37n22021.113252

Palavras-chave:

Pensamento freiriano, Proeja, Ensino remoto, Diálogo, Gestão Democrática

Resumo

Como estudo em andamento, o texto revisita o pensamento e práxis de Paulo Freire em suas relações com o momento presente, para pensar os desafios da gestão educacional, na adoção do ensino remoto no Proeja, em função da Covid 19. Os pressupostos da pesquisa documental e da sistematização de experiência foram estratégias de investigação articuladas, que permitiram desvelar os movimentos dialógicos e participativos dos sujeitos, como fundantes na definição de ações para a redução dos impactos do ensino remoto junto a estudantes do Curso Técnico Integrado em Hospedagem do Proeja.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edna Castro de Oliveira, Universidade Federal do Espírito Santo - UFES -- Departamento de Educação Política e Sociedade do Centro de Educação, Vitória, ES, Brasil.

Edna Castro de Oliveira é professora da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), atualmente voluntária no Departamento de Educação Política e Sociedade do Centro de Educação e colaboradora no Programa de Pós-Graduação em Educação, Vitória, ES, Brasil.

E-mail: oliveiraedna@yahoo.com.br.

http://lattes.cnpq.br/1029441038069805

  

Aldo Rezende, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo, Ifes, Coordenadoria de Curso do PROEJA, Vitória, ES, Brasil.

Aldo Rezende é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo, Ifes, atua na Coordenadoria de Curso do PROEJA e no Programa de Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica - ProfEPT, Vitória, ES, Brasil.

E-mail: aldorezendebh@gmail.com

http://lattes.cnpq.br/4454826084460524

  

Maria José de Resende Ferreira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo, Ifes, Programa de Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica - ProfEPT, Vitória, ES, Brasil.

Maria José de Resende Ferreira é professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo, Ifes, atua no Programa de Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica - ProfEPT, Vitória, ES, Brasil. 

E-mail: majoresende@yahoo.com.br

http://lattes.cnpq.br/0930511555702384

Patrícia Helmer Falcão, Universidade Federal do Espírito Santo - UFES, Pró-Reitoria de Graduação, Vitória, ES, Brasil.

Patrícia Helmer Falcão é Mestranda do Programa de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica  – ProfEPT e licenciada em Pedagogia pela Faculdade São Geraldo. Atua como Técnica em Assuntos Educacionais na Universidade Federal do Espírito Santo, na Pró-Reitoria de Graduação, Vitória, ES, Brasil.

E-mail: triciahelmer@hotmail.com.

http://lattes.cnpq.br/1340329392243560

Referências

BOURDIEU, P. O poder simbólico. 10 ed. Rios de Janeiro: Bertrand Brasil, 1997 .

BRASIL. Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na modalidade de Educação de Jovens e Adultos - PROEJA. Documento Base. Brasília: Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf2/proeja_medio.pdf. Acesso em: 30 dez. 2019.

CAETANO, Camila Gomes Arelaro; ARELARO, Lisete Regina Gomes. Políticas atuais, transformações sociais e a perseguição a Paulo Freire. Revista Estudos Culturais, n. 5, 2020. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revistaec/article/view/170628. Acesso em: 11 mar. 2021.

CARVALHO, Maria João. Paulo Freire: a construção da escola democrática a partir da decisão. Revista Brasileira de Politica e Administração da Educação. GOIÁS: RBPAE – v.25, n.3, p. 441-454, set./dez. 2009. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/rbpae/article/viewFile/19659/11458. Acesso em: 11 mar. 2021.

DIAS, Rodolfo Palazzo. A desdemocratização brasileira. Disponível em: https://aterraeredonda.com.br/a-desdemocratizacao-brasileira/. Acesso em: 10 abr. 2021.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra Ltda, 1967.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

FREIRE, Paulo. A educação na cidade . São Paulo: Cortez Editora, 1991.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 25. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo. Educação e atualidade brasileira. São Paulo: Cortez Editora, Instituto Paulo Freire, 2001a.

FREIRE, Paulo. Política e Educação: ensaios. – 5a ed. - São Paulo, Cortez, 2001b. (Coleção Questões de Nossa Época; v.23)

FREIRE, Paulo. Cartas a Cristina: Reflexões sobre minha vida e minha práxis. Organização e notas de Ana Maria Araújo Freire. Rio de Janeiro: paz e Terra, 2013.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD): Educação 2019. Rio de Janeiro, RJ. 2020. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101736_informativo.pdf. Acesso em: 17 ago. 2020.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESPÍRITO SANTO. Resolução do Conselho Superior nº 01 de 07 de maio de 2020. Regulamenta e normatiza a implementação das atividades pedagógicas não presenciais em cursos presenciais, técnicos e de graduação do Ifes, em função da situação de excepcionalidade da pandemia do novo Coronavírus (Covid19). Vitória, ES. 2020. Disponível em https://ifes.edu.br/images/stories/Resolu%C3%A7%C3%A3o_CS_1_2020__Atividades_N%C3%A3o_Presenciais_-_documento_submetido_a_revis%C3%A3o_textual.pdf. Acesso em: 10 nov. 2020. (2020b).

Manifesto da Coordenadoria do PROEJA contra a implementação da Educação à Distância 2020. Disponível em: https://www.sinasefeifes.org.br/wp-content/uploads/2020/04/Manisfesto-Proeja_EaD.pdf. Acesso em: 27 set. 2020.

MIGUEL, Luís Felipe. O colapso da democracia no Brasil: da constituição ao golpe de 2016. 1. ed. São Paulo: Fundação Rosa Luxemburgo, Expressão Popular, 2019. (Coleção Emergências).

PROLUTA EJAIFES. Nota de Repúdio – PROLUTA: A sala de aula é nosso lugar! Vitória, 12 abr. 2020. Instagram: @proluta.ejaifes. Disponível em: https://www.instagram.com/p/B-5zjJDJswU/. Acesso em: 25 set. 2020.

ROSAS, Paulo. Recife: cultura e participação (1950-64).In: FREIRE, Paulo. Educação e atualidade brasileira. São Paulo: Cortez Editora, Instituto Paulo Freire, 2001. XLIX –LXXV.

SOARES, Sávia Bona V. O Coronavírus e a modernidade conservadora da Educação In: SOARES, Sávia Bona V. et al. (org.). Coronavírus, educação e luta de classes no Brasil. Editora terra Sem Amos: Brasil, 2020. p. 5-14.

Downloads

Publicado

2021-08-31

Como Citar

Oliveira, E. C. de, Rezende, A., Ferreira, M. J. de R., & Falcão, P. H. (2021). DESAFIOS DA PRÁXIS FREIRIANA EM TEMPOS DE PANDEMIA: ENSINO REMOTO E A GESTÃO EDUCACIONAL NO PROEJA. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 37(2), 787–809. https://doi.org/10.21573/vol37n22021.113252

Edição

Seção

Paulo Freire e a gestão educacional