A EXPANSÃO DOS COLÉGIOS MILITARES NO RIO DE JANEIRO: UMA ANÁLISE SOB A PERSPECTIVA CONSTITUCIONAL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol37n32021.112179

Palavras-chave:

Educação. Ensino Militar. Princípios Constitucionais. Democracia

Resumo

A criação de colégios militares no Brasil, a partir do Segundo Império, subsiste e ganhou força nos Estados da Federação. O presente trabalho pretende analisar o processo de expansão dos colégios militares no Rio de Janeiro, na perspectiva da Carta Política de 1988, em especial sob o prisma da supremacia da norma constitucional, dos princípios setoriais da educação e da igualdade. A metodologia, de abordagem qualitativa, consistirá na revisão bibliográfica sobre o tema e como resultado apresenta-se uma discussão sobre a incompatibilidade da militarização da educação com o regime democrático.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rogério Pacheco Alves, Universidade Federal Fluminense

Doutor em Direito Constitucional e Teoria do Estado pela PUC-Rio. Professor adjunto da Universidade Federal Fluminense. Promotor de Justiça do Ministério Público no Estado do Rio de Janeiro.

Debora da Silva Vicente, Universidade Federal Fluminense

Mestranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal Fluminense (PPGE-UFF). Especialista em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Promotora de Justiça do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

Referências

ALVES, Maria Helena Moreira. Estado e Oposição no Brasil (1964-1984). 4 ed. Petrópolis: Vozes, 1987.

ARGUELHES, Diego Werneck & LEAL, Fernando. O Argumento das “capacidades institucionais” entre a banalidade, a redundância e o absurdo. In Direito, Estado e Sociedade, n. 38, jan/jun de 2011, pp. 6-50.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988.

________. Lei Federal nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, estabelece as diretrizes e bases da educação nacional.

________. Lei Federal nº 9.786, de 08 de fevereiro de 1999, dispõe sobre o Ensino no Exército Brasileiro e dá outras providências.

________. Decreto Estadual nº 3.182, de 23 de setembro de 1999, regulamenta a Lei nº 9.786, de 8 de fevereiro de 1999, que dispõe sobre o ensino no Exército Brasileiro.

________. Portaria nº 42, de 06 de fevereiro de 2008, expedida pelo Comando do Exército.

GOMES, Joaquim B. Barbosa. Ação afirmativa e princípio constitucional da igualdade. Rio de Janeiro: Renovar, 2001.

HENRIQUES, Ricardo. Apresentação. In Ações Afirmativas nas Políticas Educacionais: o contexto pós-Durban. São Carlos: EduFSCar, 2009, p. 7-10.

Manual Básico da Escola Superior de Guerra. Rio de Janeiro: Estado-Maior das Forças Armadas (Escola Superior de Guerra, Departamento de Estudos), 1976.

RIO DE JANEIRO. Constituição do Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, RJ: Assembleia Legislativa, 1989.

________. Decreto Estadual nº 15.427, de 04 de setembro de 1990, transforma a Diretoria Geral de Ensino em Diretoria de Ensino e Instrução da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro e aprova o seu regulamento.

________.Lei Estadual nº 3751, 07 de maio de 2002, autoriza o Poder Executivo a criar o Colégio da Polícia Militar - CPM.

________.Lei Estadual nº 4.133, de 12 de agosto de 2003, autoriza o Poder Executivo a criar o colégio do Corpo de Bombeiros Militar – CCBM.

________.Portaria nº 608, de 01 de junho de 2010, aprova o regulamento da Diretoria Geral de Ensino e Instrução do Corpo De Bombeiros Militar do estado do Rio de Janeiro.

________.Lei Estadual nº 6343, de 21 de novembro de 2012, altera a Lei nº 3751, de 07 de janeiro de 2002, que “autoriza o poder executivo a criar o Colégio Da Polícia Militar - CPM”.

________.Lei Estadual nº 8198, de 07 de dezembro de 2018, autoriza o Poder Executivo a criar outras 3 (três) novas unidades do Colégio da Polícia Militar.

________.Decreto nº 22, de 10 de setembro de 2018, cria o III Colégio Militar no Município de Duque de Caxias.

________.Decreto Conjunto nº 02 de 14 de novembro de 2018, ratifica o Decreto nº 22, de 10 de setembro de 2018, publicado no D.O. de 11/09/2018.

________.Decreto Estadual nº 46.592 de 28 de fevereiro de 2019, dispõe sobre a criação de colégios do Corpo de Bombeiros Militar do Estado Do Rio De Janeiro na forma que menciona, e dá outras providências.

________.Lei nº 8450, de 05 de julho de 2019, autoriza o Poder Executivo a implantar um colégio militar no município de Queimados.

________.Projeto de Lei nº 192/2019 autoriza a criação de colégios militares por transformação das unidades escolares estaduais atualmente localizadas em todas as comunidades do Estado do Rio de Janeiro.

________.Projeto de Lei nº 862/2019, autoriza o Estado do Rio de Janeiro a realizar convênio com os Municípios para a criação de escolas militares municipais.

ROCHA, Carmen Lúcia Antunes. Ação afirmativa: o conteúdo democrático do princípio da igualdade jurídica. In Revista Trimestral de Direito Público, n. 15, p. 85-99, 1996.

TÁCITO, Caio. Temas de Direito Público: estudos e pareceres. Rio de Janeiro: Renovar, 1997.

XIMENES, Salomão Barros; STUCHI, Carolina Gabas; MOREIRA, Márcio Alan Menezes. A militarização das escolas públicas sob o enfoque de três direitos: constitucional, educacional e administrativo. In Revista Brasileira de Política e Administração da Educação (RBPAE) - v. 35, n. 3, p. 612 - 632, set./dez. 2019.

Downloads

Publicado

2022-01-03

Como Citar

Alves, R. P., & Vicente, D. da S. (2022). A EXPANSÃO DOS COLÉGIOS MILITARES NO RIO DE JANEIRO: UMA ANÁLISE SOB A PERSPECTIVA CONSTITUCIONAL. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 37(3), 1441–1462. https://doi.org/10.21573/vol37n32021.112179