Militarização das escolas públicas do distrito federal: uma análise sobre a violência

Mariana Teixeira dos Santos, Thiago de Faria e Silva

Resumo


O artigo analisa o Projeto Piloto Escola de Gestão Compartilhada, que alterou quatro escolas públicas para colégios da Polícia Militar do Distrito Federal, no ano de 2019. São objetivos do trabalho: identificar os elementos legitimadores da instauração da gestão compartilhada, investigar se a violência é um fenômeno pertinente na eleição do projeto e detectar os medos da comunidade escolar. A estratégia de pesquisa utilizada foi o estudo de caso de um Colégio da Polícia Militar do Distrito Federal, e incita o debate sobre a violência escolar e a militarização das escolas públicas.


Palavras-chave


Violência. Medo. Disciplina. Militarização Escolar.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVAY, M. Violências nas Escolas. Programa de Prevenção à violência nas escolas. Brasília/DF: Flasco-Brasil, 2015, 21p. Disponível em: < http://flacso.org.br/files/2015/08/Violencias-nas-Escolas.pdf >. Acesso em 11 set 2019.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988.

_______. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 11 set. 2019.

_______. Decreto nº 9.665, de 2 de janeiro de 2019. Brasília, DF, 2019.

BOURDIEU, P. O poder simbólico. 2. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998.

CAETANO, I.; VIEGAS, V. O Estado de exceção escolar: uma avaliação crítica das escolas públicas militarizadas. Aparecida de Goiânia: Escultura Produções Editoriais, 2016.

CALDEIRA, T. P. R. Cidade de muros: crime, segregação e cidadania em São Paulo. São Paulo: Editora 34/Edusp, 2000.

CARVALHO, J. F. Os sentidos da (in)disciplina: regras e métodos como práticas sociais. In: AQUINO, J. G. (org.). Indisciplina na escola: alternativas teóricas práticas. São Paulo: Summus, 1996.

DISTRITO FEDERAL. Lei nº 4.751, de 07 de fevereiro de 2012. Brasília, DF, 2012. Disponível em: http://www.sinj.df.gov.br/sinj/Norma/70523/Lei_4751.html. Acesso em: 24 mar. 2020.

DISTRITO FEDERAL. Portaria Conjunta nº 1, de 31 de janeiro de 2019. Brasília, DF, 2019. Disponível em: http://www.se.df.gov.br/wp-conteudo/uploads/2019/02/portaria-conjunta-gestao-compartilhada_07fev19.pdf. Acesso em: 24 mar. 2020.

DAYRELL, J. A escola como espaço sócio-cultural. In: DAYRELL, J. (org.). Múltiplos olhares sobre educação e cultura. Belo Horizonte: UFMG, 1996.

DUNKER, C. I. L. A violência como nome para o mal-estar. In: Bala perdida: a violência policial no Brasil e os desafios para sua superação [S.l: s.n.], 2015.

FONSECA, C. Quando cada caso não é um caso: pesquisa etnográfica e educação. Revista Brasileira de Educação, n. 10, p. 58-78, jan./abr. 1999.

FOUCAULT, M. A Ordem do discurso: aula inaugural no Collège de France, pronunciada em 2 de dezembro de 1970. 15. ed. São Paulo: Loyola, 2007.

FOUCAULT, M. A Vigiar e punir: nascimento da prisão. Lisboa: Editora Edições 70, 2013.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA (IPEA). Atlas da Violência 2019. Brasília; Rio de Janeiro; São Paulo: Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 2019. Disponível em:

http://ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/relatorio_institucional/190605_atlas_da_violencia_2019.pdf. Acesso em: 7 nov. 2019.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

NERI, M. Pesquisa percepções da crise. Rio de Janeiro: Fundação Getulio Vargas. Disponível em: https://www.cps.fgv.br/cps/bd/docs/Pesquisa_Percepcoes-Da-Crise_MarceloNeri_FGVSocial.pdf. Acesso em: 5 nov. 2019.

WEBER, M. Ciência e política, duas vocações. São Paulo: Editora Cultrix, 1996.

ZIZEK, S. Violência: Seis reflexões laterais. São Paulo: Boitempo, 2014.




DOI: https://doi.org/10.21573/vol37n12021.106182

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573