A relação entre políticas em educação e práticas escolares no ensino médio integrado à educação profissional

Rachel Costa Costa de Azevedo Mello, Jaqueline Moll

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar a atuação de gestores, professores e estudantes nas práticas escolares, diante das orientações das políticas em educação e dos desafios do cotidiano escolar no Ensino Médio Integrado à educação profissional no contexto brasileiro. Tendo como referencial teórico metodológico, os estudos de Stephen Ball, o Ciclo de Políticas, a pesquisa foi realizada em uma escola pública de Ensino Médio Integrado em Pernambuco, na qual utilizamos a análise da política educacional, observações diretas e registro em diário de campo e entrevistas. A partir da categoria teórica atuação, analisamos as práticas dos gestores, professores e estudantes e identificamos que as categorias empíricas, tempo e espaço escolar, assim como, diálogo e participação são fundamentais para repensarmos as políticas em educação e as práticas escolares no Ensino Médio Integrado à educação profissional.

 

Palavras-chave: Políticas em educação. Práticas escolares. Ensino médio.

 


Palavras-chave


Políticas em educação. Práticas escolares. Ensino médio.

Texto completo:

PDF

Referências


AVELAR, Marina. Entrevista com Stephen J. Ball: uma análise de sua contribuição para a pesquisa em política educacional. Archivos Analíticos de Políticas Educativas, v. 24, n. 24, p.1-18, fev. 2016. Disponível em: https://www.academia.edu/22792329/Entrevista_com_Stephen_J._Ball_Uma_An%C3%A1lise_de_sua_Contribui%C3%A7%C3%A3o_para_a_Pesquisa_em_Pol%C3%ADtica_Educacional. Acesso em: 14 out. 2018.

BALL, Stephen John. Education reform: a critical and post-structural approach. Buckingham, Philadelphia: Open University Press, 1994.

BRASIL. Decreto nº 5.154 de 23 de julho de 2004. Regulamenta o § 2º do art. 36 e os arts. 39 a 41 da Lei nº 9.394, de 20de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e dá outras providências. 2004. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5154.htm. Acesso em: 13 abr. 2018.

CAVALIERE, Ana Maria. Escolas de tempo integral versus alunos em tempo integral. Em Aberto, Brasília, v. 22, n. 80, p. 51-63, abr. 2009. Disponível em: http://emaberto.inep.gov.br/index.php/emaberto/article/view/2220/2187. Acesso em: 12 jun. 2018.

DUTRA, Paulo Fernando de Vasconcelos. Educação Integral no Estado de Pernambuco: uma realidade no ensino médio. 2013. 98 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública) - Faculdade de Educação, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2013. Disponível em: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/1114. Acesso em: 20 set. 2018.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e terra, 1987.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria. Perspectivas sociais e políticas da formação de nível médio: avanços e entraves nas suas modalidades. Educação& Sociedade, Campinas, v. 32, n. 116, p. 619-638, jul./set. 2011. Disponível em: http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em: 03 out. 2018.

GATTI, Bernadete Angelina. Grupo focal na pesquisa em ciências sociais e humanas. DF: Líber Livro Editora Brasília, 2005.

GIROUX, Henry. Teoria crítica e resistência em educação: para além das teorias de reprodução. Petrópolis: Vozes, 1986.

KOWALTOWSKI, Doris. Arquitetura escolar: o projeto do ambiente de ensino. São Paulo: Oficina de Textos, 2011.

KRAWCZYK, Nora. Ensino médio: empresários dão as cartas na escola pública. Educação & Sociedade, Campinas, v. 35, n. 126, p. 21-41, jan./mar. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-73302014000100002&script=sci_abstract&tlng=pt.Acessso em: 9 abr. 2018.

MAINARDES, Jefferson. Abordagem do ciclo de políticas: uma contribuição para a análise de políticas educacionais. Revista Educação & Sociedade, Campinas, v. 27, n. 94, p. 47-69, jan./abr. 2006. Disponível em: http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em: 8 jan. 2019.

MAINARDES, Jefferson; MARCONDES, Maria Inês. Entrevista com Stephen J. Ball: um diálogo sobre justiça social, pesquisa e política educacional. Revista Educação & Sociedade, Campinas, v. 30, n. 106, p. 303-318, jan./abr. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v30n106/v30n106a15.pdf. Acesso em: 8 jan. 2019.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (org). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis, RJ: Vozes, 1994.

MOLL, Jaqueline. Os tempos de vida nos tempos da escola: em que direção caminha a mudança? In: MOLL, Jaqueline (org.). Os tempos da vida nos tempos da escola: construindo possibilidades. Porto Alegre: Penso, 2013.

MOURA, Dante Henrique. Educação básica e educação profissional e tecnológica: dualidade histórica e perspectivas de integração. Holos, Rio Claro, a. 23, v. 2, p. 4-20, 2007. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/viewFile/11/110. Acesso em: 12 out. 2018.

MORAES, Roque; GALIAZZI, Maria do Carmo. Análise textual discursiva: processo reconstrutivo de múltiplas faces. Ciência & Educação, Bauru, v. 12, n. 1, p. 117-128, 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ciedu/v12n1/08.pdf. Acesso em: 1 set. 2019.

NOSELLA, Paolo. Ensino médio unitário ou multiforme? Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 20 n. 60, p. 121-142, jan./mar. 2015. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=27533496007. Acesso em: 3 maio 2019.

PERNAMBUCO. Instrução normativa SEE nº 08/2017. Estabelece normas e diretrizes para a organização do ano letivo das Escolas da Rede Estadual de Ensino do Estado de Pernambuco. Disponível em: http://www.educacao.pe.gov.br/portal/upload/galeria/14908/Instru%C3%A7%C3%A3o%20Normativa_09.2017.pdf. Acesso em: 30 abr. 2019.

PERNAMBUCO. Instrução normativa SEE nº 09/2017. Estabelece normas e diretrizes para a elaboração do Calendário Escolar das Escolas da Rede Estadual de Ensino do Estado de Pernambuco, ano letivo 2018. Disponível em: INSTRUÇÃO%20NORMATIVA%20SEE%20Nº%2009.2017.pdf. Acesso em: 30 abr. 2019.

PERNAMBUCO. Lei Complementar nº 125 de 10 de julho de 2008. Cria o Programa de Educação Integral, e dá outras providências. Disponível em: legis.alepe.pe.gov.br/texto.aspx?id=5148&tipo=TEXTOATUALIZADO. Acesso em: 30 abr. 2019.

PERNAMBUCO. Plano Estadual de Educação de Pernambuco (2015-2025) PEE. Lei nº 15.533 de 23 de junho de 2015. Disponível em: http://www.educacao.pe.gov.br/portal/upload/galeria/10046/PLANO%20ESTADUAL%20DE%20EDUCA%C3%87%C3%83O_vers%C3%A3o%20final_%20Lei_%20n%C2%BA%2015.533%20DOE.pdf.Acesso em: 30 abr. 2019.

PERNAMBUCO. Portaria SEE nº 910 de 06 de fevereiro de 2018. Art.1º - Publicar as Matrizes Curriculares das Escolas de Referência em Ensino Médio jornada Integral, Semi–integral e das Escolas Técnicas Estaduais ofertantes do Ensino Médio integrado à Educação Profissional, a serem vivenciadas a partir do ano letivo de 2018. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2018/20180207/1PoderExecutivo/PoderExecutivo(20180207).pdf. Acesso em: 30 abr. 2019.

PROJETO Político Pedagógico. Recife: Escola Técnica Estadual Cícero Dias, 2018.

REGIMENTO Escolar. Recife: Escola Técnica Estadual Cícero Dias, 2016.




DOI: https://doi.org/10.21573/vol36n32020.104809

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573