Mapeamento de dimensões socioeconômicas para o desenvolvimento da educação a distância: uma visão a partir de municípios mineiros

Roberta de Cássia Macedo, Daniela Viegas da Costa Nascimento, Iara Vaz Vieira De Sousa

Resumo


O trabalho apresenta uma pesquisa exploratório-descritiva conduzida sob base documental em municípios de Minas Gerais divididos nos 17 territórios de desenvolvimento, com recorte amostral de 30 a 100 mil habitantes, nos anos de 2016 a 2018. O objetivo é analisar as dimensões socioeconômicas para o desenvolvimento da educação à distância. As variáveis e os dados foram colhidos a partir do Índice Mineiro de Responsabilidade Social (IMRS). Os resultados demonstram que há territórios em situação de maior vulnerabilidade, enquanto outros apresentam resultados propensos a educação à distância.


Palavras-chave


Socioeconômico; EaD; IMRS

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Cibele Yahn de; DACHS, J. Norberto W. Acesso à educação por faixas etárias segundo renda e raça/cor. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 131, p. 399-422, maio/ago. 2007.

ARAUJO, Victor; FLORES, Paulo. Redistribuição de renda, pobreza e desigualdade territorial no Brasil. Rev. Sociologia Política. Curitiba, v. 25, n. 63, p. 159-182, Set. 2017.

ARETIO, García Lorenzo. La educación a distancia: de la teoría a la práctica. Barcelona: Ariel, 2002.

BOULLOSA, R. F.; SCHOMMER, P. Limites da Natureza da Inovação ou Qual o futuro da Gestão Social? In: XXXII EnANPAD, Rio de Janeiro. Anais do XXXII Enanpad, 2008. v. 1.

CANÇADO, Airton Cardoso. Gestão Social: epistemologia de um paradigma / Airton Cardoso Cançado, José Roberto Pereira, Fernando Guilherme Tenório, - 1. Ed. – Curitíba, PR CRV, 2013.

DEMO, Pedro. Educar pela pesquisa. 9. ed. rev. Campinas, SP: Autores Associados, 2011. 148 p. (Coleção Educação Contemporânea).

FAHEL, Murilo; TELES, Leticia Ribeiro. Medindo a pobreza multidimensional do estado de Minas Gerais, Brasil: olhando para além da renda. Rev. Adm. Pública, Rio de Janeiro, v. 52, n. 3, p. 386-416, jun. 2018.

FAVARO, Neide de Almeida Lança Galvão; TUMOLO, Paulo Sergio. A relação entre educação e desenvolvimento econômico no capitalismo: elementos para um debate. Educação e Sociedade. Campinas, v. 37, n. 135, p. 557-571, Jun. 2016.

FISCHER, MELO, CARVALHO, JESUS, ANDRADE e WAIANDT. Perfis Visíveis na Gestão Social do Desenvolvimento. RAP. Rio de Janeiro. n. 40, v. 5, p.789-808, Set-Out. 2006.

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO (FJP). Centro de Estatística e Informações (CEI). Belo Horizonte: Fundação João Pinheiro, 2018. Disponível em: < http://www.fjp.mg.gov.br. Acessos em 08 ago. 2018 e 04 out. 2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo Brasileiro de 2010. Rio de Janeiro: IBGE, 2010.

______. Perfil dos Municípios Brasileiros. 2012. Disponível em: https://ww2.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/perfilmunic/2012/. Acesso em 12 dez 2018.

JUNQUEIRA, Lu¬ciano Antônio Prates; Gonçalves-Dias, Sylmara L. F., WANDERLEY, Mariangela Belfiore, MENDONÇA, Patrícia. Gestão social: mobilizações e conexões. Coleção Enapegs, vol. VI. São Paulo: LCTE Editora, 2012.

KAKWANI, N. & SON, H. Poverty Equivalent Growth Rate. Review of Income and Wealth, 54(4), p. 643-655, 2008.

LEVY, A. & CHOWDHURY, K.. A Geographical Decomposition of Intercountry Income Inequality. Comparative Economic Studies, 37(4), pp.1-17, 1995.

MARTINS, Rafael D'Almeida; VAZ, José Carlos; CALDAS, Eduardo de Lima. A gestão do desenvolvimento local no Brasil: (des)articulação de atores, instrumentos e território. Rev. Adm. Pública, Rio de Janeiro, v. 44, n. 3, p. 559-590, Jun. 2010.

MESQUITA, A.; SILVA, C.; SILVA, E.; OLIVEIRA, R. Assistência Social. In A.A. Valadares et al. eds. Boletim Políticas Sociais: Acompanhamento e Análise. V.23. Brasília: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, 2015.

MINAS GERAIS. Fóruns Regionais. 2015. Disponível em: . Acesso em: 04 out. 2018.

MOORE, M. G., KEARSLEY, G. Distance education: a systems view. California, USA: Wadsworth Publishing, 1996.

MOURA, Cleyton Domingues de. Subcidadania, desigualdade e desenvolvimento social no Brasil do século XXI. Revista Planejamento e Políticas Públicas. n. 34 | jan./jun. 2010, p. 67-86.

PEREIRA, Fernanda Cristina Barbosa. Determinantes da evasão de alunos e os custos ocultos para as instituições de ensino superior: uma aplicação na Universidade do Extremo Sul do Oeste. 2003. 172 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003.

PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento; IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada; FJP – Fundação João Pinheiro. O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal Brasileiro. 2013. Disponível em: http://www.atlasbrasil.org.br/2013/pt/o_atlas/o_atlas_/. Acesso em 12 dez 2018.

PRZEYBILOVICZ, Erico; CUNHA, Maria Alexandra; MEIRELLES, Fernando de Souza. O uso da tecnologia da informação e comunicação para caracterizar os municípios: quem são e o que precisam para desenvolver ações de governo eletrônico e smart city. Rev. Adm. Pública, Rio de Janeiro, v. 52, n. 4, p. 630-649, ago. 2018.

SACHS, Ignacy. De volta à mão invisível: os desafios da Segunda Cúpula da Terra no Rio de Janeiro. Estudos Avançados, v. 26, n. 74, p. 7-19, 2012.

SALVATO, M. A. Crescimento pró-pobre no Brasil: Uma avaliação empírica da década de 1990. Ensaios sobre pobreza, EP21, UFC, 2009.

SANTOS, B. de S.; RODRÍGUEZ-GARAVITO, C. A. Introduction: expanding the

economic canon and searching for alternatives to neoliberal globalization. In: SANTOS, B. de S. (Org.). Another production is possible. Beyond the capitalist canon. London: Verso, 2006. Disponível em: http://www.boaventuradesousasantos.pt/pages/ pt/livros/another-production-is-possible-beyond-the-capitalist-canon.php

SILVA, M. O. S. Pobreza, desigualdade e políticas públicas: caracterizando e problematizando a realidade brasileira. Rev. Katál. Florianópolis, v. 13, n. 2, p.155-163, jul./dez. 2010.

SOUZA, Jessé (2009). A Ralé Brasileira: Quem É e Como Vive, Belo Horizonte: UFMG.

SOUZA, J. A tolice da inteligência brasileira: ou como o país se deixa manipular pela elite. São Paulo: LeYa, 2015.

SOUZA, Jessé. Em defesa da sociologia: o economicismo e a invisibilidade das classes sociais. Revista Brasileira de Sociologia. Vol. 1. N. 1. Jan-Jul., 2013.

TENÓRIO, F. G. Gestão Social: uma réplica. In RIGO, A. S.; SILVA JÚNIOR, J. T.; SCHOMMER, P. C.; CANÇADO, A. C. Gestão Social e Políticas Públicas de Desenvolvimento: Ações, Articulações e Agenda. Recife: UNIVASF, 2010.

TOLENTINO, R.S.S. et al. Avaliação na Qualidade da Educação a Distância sob a Perspectiva do aluno: proposição e teste de um modelo usando equações estruturais. Rege, São Paulo, v. 20, n. 3, p. 347-366, jul 2013.

VIEIRA, C.M.S.; ABREU, R.M.A. Educação a Distância: uma reflexão sobre a relação professor-tutor e estudante no processo de ensino e aprendizagem. Revista Intersaberes, v. 11, n. 23, p. 284-303, maio 2016.




DOI: https://doi.org/10.21573/vol37n12021.104669

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573