Perspectivas para a formação de formadores de futuros professores no contexto das políticas públicas

Adriana Richit, William Xavier de Almeida

Resumo


O artigo discute as perspectivas para o desenvolvimento profissional de formadores de futuros professores a partir da análise do ordenamento legal relativo à formação de professores de nível superior e das ações e programas de agências vinculadas ao Ministério da Educação vocacionadas ao ensino superior. A análise, qualitativa e interpretativa, incidiu sobre um conjunto de documentos oficiais compilados mediante uma busca criteriosa nos sites oficiais vinculados ao Ministério da Educação. Estes documentos, que constituíram o material empírico do estudo, foram analisados e interpretados, a partir dos quais evidenciamos duas perspectivas de desenvolvimento profissional para o docente da educação superior: a universidade é lócus para o desenvolvimento do formador, quer seja como instância para realização de programas de pós-graduação, pós-doutorado, realização de parcerias institucionais e interinstitucionais, assim como por oportunizar ao professor formador diferentes experiências profissionais em nível de ensino e pesquisa; o desenvolvimento do formador se concretiza mediante a realização de pesquisa e produção de conhecimento, na medida em que os incentivos se concentram na distribuição de bolsas de pesquisa e pós-graduação e premiação de trabalhos de destaque.


Palavras-chave


Desenvolvimento profissional docente. Formadores de futuros professores. Políticas públicas. Educação superior.

Texto completo:

PDF

Referências


GATTI, B.A.; BARRETTO, E.S.S. (Coord.) Professores do Brasil: impasses e desafios. Brasília: UNESCO, 2009.

NÓVOA, A. Esboço de um modelo de análise da profissão docente. In: NÓVOA, A. Profissão Professor. 2 ed. Porto: Porto Editora, 2003, p. 22-31.

NÓVOA, A. Os professores na virada do milênio: do excesso dos discursos à pobreza das práticas. Educação e Pesquisa. São Paulo, v. 25, n. 1, jan./jun. 1999, p.11-20.

PEREIRA, E.F.; MEDEIROS, C.C.C. Metodologia do ensino superior nos programas de pós-graduação Stricto Sensu em Educação Física no Brasil: a formação docente em questão. Movimento. Porto Alegre, v. 17, n. 4, out./dez. 2011, p. 165-183.

PONTE, J.P. O Desenvolvimento Profissional do Professor de Matemática. Educação & Matemática. Lisboa, n. 31, jul./set. 1994, p. 9-20.

ROLDÃO, M.C. Currículo, didáticas e formação de professores – a triangulação esquecida. In: OLIVEIRA, M.R. (Org.). Professor: formação, saberes e problemas. Porto: Porto Editora, 2014, p. 91-104.

ROLDÃO, M.C. Formação docente: natureza e construção o conhecimento profissional. Revista Brasileira de Educação. São Paulo, v. 12, n. 34, jan./abr. 2007, p. 94-103.

SAVIANI, D. Formação de professores: aspectos históricos e teóricos do problema no contexto brasileiro. Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro, v. 14, n. 40, jan./abr. 2009, p. 143-155.

SOTO, G.; et al. I don’t know! What do you think? Why? Collaborative work between primary and secondary school teachers. ICMI Study, 2, Proceedings, Lisboa, Portugal, 2020.

ZABALZA, M.A. O ensino universitário: seu cenário e seus protagonistas. Porto Alegre: Artmed, 2004.




DOI: https://doi.org/10.21573/vol36n22020.100486

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573