PARTIDOS E EFETIVIDADE DA COMPETIÇÃO POLíTICA EM PERSPECTIVA COMPARADA: O CASO DE MOÇAMBIQUE E BRASIL

Fidel Terenciano

Resumo


O estudo apresenta como objetivo de investigação compreender a estrutura do sistema partidário e a efetividade da competição política no Brasil e em Moçambique, evidenciando os contornos e o funcionamento dos partidos políticos nos dois países. Teoricamente, existem estudos (Duverger 1961; Inglehart 1971; Sartori 1982; Webb 2000; Dalton e Wattenberg 2000) que ilustram algumas das abordagens desenvolvidas neste estudo. Metodologicamente, trata-se de um trabalho exploratório e descritivo. Foi considerada uma base de dados sobre os processos políticos em perspectiva comparativa, combinados com medidas qualitativas e quantitativas de produtividade. Os resultados indicam que Moçambique apresenta um sistema partidário de dois partidos e que o Brasil apresenta um sistema multipartidário e altamente fragmentado. Em termos de estrutura do sistema partidário, Moçambique detém um sistema partidário quase fechado e, no caso do Brasil, a estrutura do sistema partidário é aberta.


Palavras-chave


Partidos; Competição Política; Brasil; Moçambique.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2448-3923.77787

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Estudos Africanos (RBEA)

e-ISSN 2448-3923; ISSN 2448-3907

Publicação do CEBRAFRICA/UFRGS