AS DINÂMICAS DA ÁFRICA NAS RELAÇÕES MUNDIAIS: DO AFRO-PESSIMISMO PARA O AFRO-OTIMISMO?

Sharkdam Wapmuk, Oluwatooni Akinkwotu

Resumo


Os assuntos africanos contribuem para moldar o mundo, e a África, por sua vez, está sendo moldada pelas dinâmicas dos processos e das estruturas internacionais. A posição e o papel da África na política mundial tem sido objeto de várias interpretações, entre Afro-pessimistas e Afro-otimistas. O objetivo deste artigo é examinar, a partir de uma perspectiva histórica, a África nas relações mundiais, da escravidão ao colonialismo; soberania, Estados africanos e a política mundial; a África e a economia política global; a África e as organizações internacionais, particularmente a ONU; as relações africanas com as potências econômicas tradicionais e emergentes, e o futuro da África na política mundial. Os estudos sobre os assuntos africanos devem levar em consideração a realidade histórica da emergência da África no sistema mundial, sua existência e os elementos de continuidade e de transformação nas relações entre os Estados africanos e o resto do mundo. As relações internacionais da África se expandiram para um engajamento para além das grandes potências, como os Estados Unidos, a Grã-Bretanha e a França, para incluir potências emergentes, como a China e a Índia. Dessa maneira, a narrativa sobre a África está gradualmente mudando de um continente sem esperanças para uma ideia de ascensão africana. Dados estes desenvolvimentos, a África deve agir como uma unidade ao abordar seus diversos desafios, devendo buscar engajar a comunidade internacional como ator igualmente importante na política internacional. O artigo recomenda que a relação entre a África e a comunidade internacional deve igualmente passar por uma mudança. Esta relação deve ser enraizada nos princípios de igualdade das nações e dos povos, na colaboração mútua por interesses mútuos e no respeito pela habilidade e pelo direito dos africanos para liderar sua própria mudança.

Palavras-chave


África; União Africana; relações mundiais.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2448-3923.75450

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Estudos Africanos (RBEA)

e-ISSN 2448-3923; ISSN 2448-3907

Publicação do CEBRAFRICA/UFRGS