“CONHEÇA O NOVO CHEFE – IGUAL AO ANTIGO CHEFE”: A TRANSIÇÃO DA ÁFRICA DO SUL PELO EMBURGUESAMENTO

Ian Taylor

Resumo


Este artigo se propõe a analisar o processo de emburguesamento (embourgeiosement) existente na África do Sul pós-apartheid. Compreendendo embourgeiosement como um processo que postula a migração de pessoas para as fileiras da burguesia, argumenta-se que os eventos iniciais da década de 1990 que marcaram o fim do regime do regime do apartheid também podem ser interpretados como um conglomerado de forças sociais e político-econômicas que estimularam as elites do CNA a não se voltarem a reestruturação da política econômica da África do Sul. Feito isso, conclui-se que não há uma clara tendência da política sul-africana pós-1994 em se pautar na equidade social.


Palavras-chave


África do Sul; Congresso Nacional Africano; Emburguesamento; Política econômica sul-africana

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2448-3923.60667

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Estudos Africanos (RBEA)

e-ISSN 2448-3923; ISSN 2448-3907

Publicação do CEBRAFRICA/UFRGS