“OME SA OME” E “MWALA SA MWALA”: AS VIOLÊNCIAS DE GÊNERO NAS EXPERIÊNCIAS DE MULHERES SANTOMENSES

Rossana Maria Marinho Albuquerque, Vanda Lopes Camblé

Resumo


O presente artigo discute as violências de gênero a partir das experiências de mulheres de São Tomé e Príncipe. A abordagem é construída a partir da perspectiva de epistemologias feministas africanas e decoloniais. Deste modo, as relações de gênero são pensadas considerando as particularidades do processo de colonização ocorrido no país, bem como as configurações socioeconômicas pós-independência, que são marcadas pelas desigualdades sociais, vivenciadas principalmente pelas mulheres.


Palavras-chave


Violências de Gênero, São Tomé e Príncipe, Epistemologias Decoloniais.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2448-3923.103987

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Estudos Africanos (RBEA)

e-ISSN 2448-3923; ISSN 2448-3907

Publicação do CEBRAFRICA/UFRGS