Between Illusion and Theatricality: Rosalind Krauss, Michael Fried and Minimalism

Autores

  • Manoel Silvestre Friques(Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro/RJ, Brazil) PUC-RJ | UNIRIO http://orcid.org/0000-0002-0106-2006

Palavras-chave:

Minimalism. Rosalind Krauss. Michael Fried. Art Criticism. Theatricality.

Resumo

The article investigates Minimalism’s theatricality from the standpoint of Michael Fried’s and Rosalind Krauss’ critical readings. On the one hand, Krauss, from the very first moment in which she reflects on the works of Donald Judd and Dan Flavin, evidences their fundamental contradiction: the presence of the illusion, despite its rejection by the artists. On the other hand, Fried focuses on the alleged literalism of those projects, calling them theatricality. In the text, the two approaches will be confronted in order to explore the authors’ different views on the notion of theatricality.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manoel Silvestre Friques(Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro/RJ, Brazil), PUC-RJ | UNIRIO

Manoel Silvestre Friques é Teórico do Teatro (UNIRIO) e Engenheiro de Produção (UFRJ). Doutor em História no Programa de História Social da PUC-Rio, foi Visiting Scholar da Columbia Univeristy (2015-16), é Mestre em Artes Cênicas pela UNIRIO. Professor da Escola de Engenharia de Produção da UNIRIO e do Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena da UFRJ, deu aulas, entre 2008 e 2013, nos cursos de Design de Moda e Artes da Faculdade SENAI Cetiqt. Publicou o livro de críticas Seis Chaves (EAV, 2012) e ensaios nas revistas Concinittas, Poeisis, Arte & Ensaios, Percevejo, Urdimento, E-compós, dentre outras. Dentre suas últimas curadorias destacam-se "Bailado no Tempo", individual de Juana Amorim (Centro de Justiça Federal, 2017), "Lúmens" (Furnas Espaço Cultural), "Incorpóreo" (Centro de Justiça Federal), ambas individuais de João Penoni em 2013; "Brazo de Monte", exposição individual de Andrés Boero Madrid, no Uruguai em 2014; e as exposições coletivas "Coisas Vistas Aqui e Ali, Sem Óculos" e "Curadoria Operária" (ambas no Espaço Cultural Sergio Porto, 2014).

Publicado

2018-10-21

Como Citar

Friques(Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro/RJ, Brazil), M. S. (2018). Between Illusion and Theatricality: Rosalind Krauss, Michael Fried and Minimalism. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 8(4), 807–837. Recuperado de https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/85206

Edição

Seção

Outros Temas