Hans Ulrich Gumbrecht Leitor de Martin Heidegger: concepção de produção de presença

Wellington Amancio Da Silva (Universidade Federal de Alagoas – UFAL, Delmiro Gouveia/AL, Brasil)

Resumo


O trabalho apresenta alguns pontos do pensamento filosófico de Gumbrecht sobre a presença, a partir do Dasein de Heidegger, especialmente, com relação às possibilidades e condições da linguagem relativamente a esta presentificação. Desse logos, propõe-se uma crítica introdutória aos conceitos de coisa, de sujeito e de objeto, de visão cartesiana do mundo, demonstrando, a partir da análise de parte da obra do autor, as possibilidades de tangibilidade por meio da linguagem e o que isso representa diante dos paradigmas vigentes das ciências. 


Palavras-chave


Gumbrecht; Teoria do Conhecimento; Presença; Heidegger

Texto completo:

ACESSO / ACCESS / ACCÈS

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS DA PRESENÇA - Brazilian Journal on Presence Studies - e-ISSN 2237-2660 - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil - http://www.seer.ufrgs.br/presenca

 

       

 

 

Crossref Similarity Check logo

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.