As Didascálias Fora do Teatro: um exercício de teatralidade de Eugène Ionesco

Autores

  • Viviane Araujo Alves da Costa Pereira (Universidade Federal do Paraná – UFPR, Curitiba/PR, Brasil) Universidade Federal do Paraná – UFPR, Curitiba/PR, Brasil

Palavras-chave:

Teatralidade, Didascálias, Eugène Ionesco, Notes et contre-notes, Manuscritos

Resumo

As didascálias constituem um gênero muito particular no domínio teatral: das indicações cênicas à inscrição de uma voz autoral no texto feito para ser representado. Na produção de Eugène Ionesco, as didascálias fogem das peças para encontrar uma função a mais em seus textos críticos e na correspondência com seus diretores. Neste artigo, trata-se de analisar a inserção das rubricas nos textos publicados em Notes et contre-notes e nos manuscritos do Fundo Ionesco, com base em uma discussão teórica sobre o gênero e a relevância da figura autoral, a partir de Bernard Dort, Roland Barthes e Luiz Fernando Ramos, entre outros pesquisadores da teatralidade. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviane Araujo Alves da Costa Pereira (Universidade Federal do Paraná – UFPR, Curitiba/PR, Brasil), Universidade Federal do Paraná – UFPR, Curitiba/PR, Brasil

Doutora em Letras pela Universidade de São Paulo (Cnpq-Capes). Integrante do Grupo de pesquisa Criação e Crítica

Publicado

2016-04-25

Como Citar

Pereira (Universidade Federal do Paraná – UFPR, Curitiba/PR, Brasil), V. A. A. da C. (2016). As Didascálias Fora do Teatro: um exercício de teatralidade de Eugène Ionesco. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 6(2), 331–351. Recuperado de https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/52382

Edição

Seção

Outros Temas