Dando Forma ao Corpo Vivo: paradigmas do soma e da autoridade em escritos de Thomas Hanna

Autores

  • Margherita De Giorgi (Università di Bologna, Bolonha, Itália) Università di Bologna (Italy) and Université Paris 8 (France)

Palavras-chave:

Hanna, Somática, Epistemologia Radical, Soma-estética, Discurso Científico,

Resumo

Este artigo delineia alguns aspectos das estratégias discursivas adotadas por Thomas Hanna para legitimar a Somática – assim como seu próprio método – aos olhos da comunidade científica. A noção de soma e as representações de suas funções serão reconhecidas no âmago desta questão. Para enfatizar o persistente risco de dogmatismo da retórica científica, assim como sua influência na configuração de discursos somáticos, recorre-se principalmente à epistemologia radical de Isabelle Ginot e à perspectiva crítica de Martha Eddy. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2014-12-15

Como Citar

Giorgi (Università di Bologna, Bolonha, Itália) M. D. (2014). Dando Forma ao Corpo Vivo: paradigmas do soma e da autoridade em escritos de Thomas Hanna. Revista Brasileira De Estudos Da Presença, 5(1), 54–84. Recuperado de https://seer.ufrgs.br/index.php/presenca/article/view/52376

Edição

Seção

Epistemologias da Somática