Revista Brasileira de Estudos da Presença


P de Presença

Notícias

 

POÉTICAS NEGRAS NA CENA CONTEMPORÂNEA - CHAMADA PARA ARTIGOS

 

A Revista Brasileira de Estudos da Presença [Brazilian Journal on Presence Studies], periódico eletrônico de acesso livre e revisão por pares, sem taxas de submissão ou publicação, receberá até 31 de janeiro de 2022 artigos inéditos dentro do escopo do tema POÉTICAS NEGRAS NA CENA CONTEMPORÂNEA.

Esta chamada convida autoras e autores a contribuir com o envio de artigos inéditos sobre a temática das poéticas negras na sua relação com a cena contemporânea. Interessa produções que abordem os processos de criação, a cena, as pedagogias e os diferentes aspectos da performatividade contemporânea.

 

Falar de poéticas negras significa olhar para um conjunto importante de práticas artísticas e, por conseguinte, para artistas e pesquisadores/as historicamente narrados/as na cena e que hoje ocupam seus lugares de sujeitos/as propositores/as de seus trabalhos a partir de suas escolhas, vivências, referências. Tal movimento – que implica deslocamentos, rupturas, tensionamentos – busca romper com silenciamentos e apagamentos aos quais as artes negras foram historicamente submetidas por força de processos de colonização – ainda em curso – calcados, por exemplo, em processos racistas destruidores de referências, alijantes de direitos que acabaram sendo constituídos como privilégios para determinados grupos sociais.

 

Vivemos num tempo em que se tornou incontornável não pautar questões tão arraigadas e constituidoras do laço social que partilhamos e que produz tantas mazelas, opressões e violências como o racismo. Com efeito, tornou-se incontornável também operar em e sobre estratégias para seu combate nas formas de uma luta antirracista e seus decorrentes: as ações afirmativas e/ou outras medidas reparatórias, bem como o reconhecimento da importância do legado negro na cultura em geral. Sabemos que essas questões fundantes também constituíram e constituem as artes em geral e as cênicas em particular. Junto a isso, temos visto, cada vez mais, negros e negras ocuparem espaços há muito reivindicados – ainda que pouco acessíveis. Referimo-nos aos espaços artísticos, sobretudo no lugar da criação, proposição, decisão e teorização. É, pois, no interior dessas problematizações que o tema das Poéticas negras na cena contemporânea ganha ênfase e importância como proposto pela Revista Brasileira de Estudos da Presença. Ou seja, objetiva-se, além de evidenciar a relevância e as potências dos trabalhos que se erigem desde esse lugar de experiência, criação e luta, aliar-se à constituição de novas narrativas e perspectivas no campo das artes da cena.

 

Entendemos que as artes se constituem também nas lutas e nas transformações que advêm justamente dessas mesmas lutas. Assim, é fundamental que os trabalhos que se dedicam a pensar e projetar as poéticas negras se tornem referência para aqueles e aquelas que se inserem contemporaneamente no campo da criação artística, pedagógica e da pesquisa cênica.

 

Assim, a Revista Brasileira de Estudos da Presença espera receber trabalhos resultantes de pesquisas vinculadas conceitualmente ao campo da cena, da performance e das poéticas negras, bem como de outras linguagens similares, estabelecendo-se diálogos entre e com os tópicos indicados abaixo como ponto de partida para as discussões. 

 

 

- Performances negras na contemporaneidade

- Cena negra e cultura popular

- Artes cênicas negras e lutas sociais

- Práticas cênicas e relações étnico-raciais

- Processos de criação e negritude

- Teatro negro, dança negra, performance negra

- Performatividades negras na atualidade

- História, memória e cena negra

- Corpos negros e criação

- Pedagogias negras para criação

- Mulheres negras, feminismo e criação cênica

- Danças negras e a pesquisa em artes cênicas

- Gênero, sexualidade e a cena negra

- A pesquisa sobre a cena negra

- Afroperspectivismo e a cena negra

- Interseccionalidade e a cena negra atual

- Cultura popular, negritude e performatividade

- Performance, educação e cena negra

- Artistas negros e negras e o mercado de trabalho

- Cena negra, filosofia e pensamento contemporâneo

- Decolonialidade e cena negra

- Cena negra, subalternidade e colonialismo

 

As submissões devem estar de acordo com os padrões do periódico e devem ser postadas diretamente no sistema de submissão para seguir seu processo geral de avaliação.

 

Para submeter um artigo a esta chamada, é fundamental selecionar a seção correspondente (Poéticas negras na cena contemporânea). Lembramos que o periódico não cobra taxas de submissão, nem de publicação e utiliza o sistema duplo-cego de revisão por pares. O texto pode ser enviado em português, espanhol, inglês ou francês e será publicado em duas línguas. Será solicitado aos autores e autoras que enviarem textos em português ou espanhol (e àqueles[as] lusófonos) que enviem uma tradução em inglês como condição para a publicação dos artigos, uma vez aprovados. A tradução deverá ser realizada por tradutor/a indicado/a pela revista e às custas do/a autor/a. A revista providencia tradução para o português de artigos enviados em inglês ou francês, desde que os/as autores/as sejam nativos/as desses idiomas e caso haja recursos financeiros disponíveis no período da edição. Maiores informações podem ser encontradas em nosso website, www.seer.ufrgs.br/presenca; nossas diretrizes podem ser visualizadas em “Diretrizes para Autores”.

 
Publicado: 2021-10-11
 
Outras notícias...