VALORES ORIENTADORES DO COMPORTAMENTO E AÇÃO DOS AGRICULTORES DE BASE ECOLÓGICA PERTENCENTES À ASSOCIAÇÃO DOS PRODUTORES DA REDE AGROECOLÓGICA METROPOLITANA (RAMA), PORTO ALEGRE/RS, BRASIL

Leonardo Bohn, Daniela Garcez Wives

Resumo


Sabe-se que o comportamento dos agricultores é orientado a partir de numerosos valores e objetivos e não somente visando à maximização de ganhos financeiros. O entendimento de suas motivações pode ajudar na percepção de como os mesmos agem e tomam suas decisões acerca da gestão e organização dos sistemas produtivos para além de dimensões técnico-econômicas, auxiliando assim numa melhor compreensão dos diferentes processos de desenvolvimento observados no mundo rural. Nesse sentido, o objetivo central deste artigo é compreender quais são os regimes orientadores de valores dos agricultores de base ecológica de Porto Alegre e arredores pertencentes à Associação dos Produtores da Rede Agroecológica Metropolitana – RAMA. Para tanto, foram aplicados questionários semiabertos junto a 15 agricultores, utilizando-se de teorias da psicologia comportamental para análise dos resultados. Destaca-se que as motivações dos agricultores entrevistados são orientadas principalmente por regimes de valores intrínsecos e expressivos. Ou seja, os mesmos norteiam suas decisões e comportamento na busca de maior qualidade de vida e satisfação pessoal através da agricultura.


Palavras-chave


Motivações, comportamento, tomada de decisão

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-0003.99463

Indexadores

 

Apoio