A TEMÁTICA FÍSICA-AMBIENTAL ABORDADA NOS ENCONTROS DE PRÁTICAS DE ENSINO DE GEOGRAFIA DA REGIÃO SUL

Éliton Paulo Novais, José Edézio da Cunha

Resumo


Este artigo parte de uma pesquisa de mestrado em desenvolvimento no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Unioeste de Marechal Cândido Rondon, e pretende analisar e entender, a partir das dissertações e teses produzidas, o que vem sendo pesquisado acerca do ensino de Geografia pelos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu em Geografia no estado do Paraná. O Ensino de Geografia é uma área em contínua construção e expansão dentro da Ciência Geográfica, neste sentido, o objetivo deste trabalho foi de analisar as publicações das quatro edições do Encontro de Práticas de Ensino de Geografia da Região Sul (2013, 2014, 2017 e 2018), em relação à temática física-ambiental no âmbito do Ensino de Geografia, se enquadrando assim nas pesquisas denominadas “Estado da Arte” (EAr). Para fazermos a coleta dos artigos estabelecemos que a busca dar-se-ia a partir da leitura dos resumos e palavras-chave. Porém, nas quatro edições do ENPEG-SUL diferentes critérios para a formatação dos artigos foram utilizados, assim nem todos os artigos apresentavam resumos e palavras-chave, desta forma, na ausência destes foram analisadas as introduções dos artigos e, quando necessário, também o trabalho completo. Entre a primeira e a quarta edição do Encontro de Práticas de Ensino de Geografia da Região Sul foram publicados 245 trabalhos, dos quais 82 ligados à temática física-ambiental. Onde as temáticas mais apresentadas/publicadas foram acerca dos Mapas/Cartografia, Educação Ambiental e TIC/Geotecnologias.


Palavras-chave


Ciência Geográfica; Eventos Científicos; Produção Científica; Ensino de Geografia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-0003.97502

Indexadores

 

Apoio