A música como instrumento para o ensino de geografia e seus conceitos fundamentais: pensando em propostas para o trabalho em sala de aula

Lucas Labigalini Fuini, Juliana Lopes dos Santos, Camilla Andréa Damião, Patrícia de Oliveira, Gabriel Rios

Resumo


O presente ensaio buscará explorar um assunto essencial no ensino de Geografia para jovens: o processo de construção e apreensão de conceitos. Utilizando uma base teórica sócio construtivista, este estudo compreende que o aprendizado de conceitos geográficos está diretamente associado à formação de uma consciência espacial através do diálogo, interação e reflexão do aluno com seu espaço de vivência. E esses dois elementos –a consciência espacial e o espaço de vivência- podem ser mobilizados com o uso de letras de músicas em situações de aprendizagem. O artigo explorará inicialmente alguns aportes teóricos sobre o ensino de Geografia e suas novas concepções e as possibilidades dadas ao ensino de conteúdos geográficos com o uso de músicas. Com os indicativos das diretrizes educacionais vigentes em âmbito nacional, destaca-se a importância do estudo de conceitos como eixos do conhecimento e da aprendizagem e, nesse caminho metodológico, faz-se a proposição de um conjunto de letras musicais agrupadas por fichas de atividade válidas para o estudo de conceitos geográficos em turmas de Ensino Médio, letras essas que discorrem sobre lugares, regiões, territórios e paisagens diversas, trazendo os elementos cotidianos atrelados às relações sociais materializadas no espaço geográfico.

Palavras-chave


Ensino de Geografia; Construção de conhecimentos; Conceitos; Música

Texto completo:

VISUALIZAR ARQUIVO PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-0003.36498

Para Onde!? / ISSN 1982-0003  / DOI https://doi.org/10.22456/1982-0003

Revista do Programa de Pós-Graduação em Geografia - Instituto de Geociências - Universidade Federal do Rio Grande do Sul


Indexadores e Repositórios

Apoio