Diálogo necessário entre a geografia e literatura infantil nas séries iniciais do Ensino Fundamental

Francielle Bonfim Beraldi, Cláudio Benito de Oliveira Ferraz

Resumo


O presente texto trata da relação entre a Geografia e a Literatura nas séries iniciais do Ensino Fundamental. Trabalhar com as séries iniciais é um desafio, na medida em que comumente professores graduados em Geografia trabalham nas séries finais do ensino fundamental e no Ensino Médio. No entanto, é matéria que interessa à Geografia como um todo porque, nas salas das séries iniciais, a ciência geográfica está sendo colocada em movimento, e acreditamos que tem um papel fundamental na formação do aluno, tanto em sua vida escolar, como em seu relacionamento no mundo que o rodeia. Como estamos falando de séries iniciais e de um alunado de 5 a 9 anos, aproximadamente, vamos nos debruçar por sobre a relação entre a Geografia e a Literatura Infantil. O lugar da pesquisa, Dourados, município que fica a sudoeste do estado do Mato Grosso do Sul, está situado na faixa de fronteira (Brasil-Paraguai), torna ainda mais interessante o trabalho de relacionar a Geografia com a Literatura Infantil. Isto porque sua localização é relativamente distante de grandes centros editoriais, e é visível que nos livros didáticos não há muita relação com a realidade do lugar, a questão da fronteira e suas especificidades. A Literatura infantil pode ser um atalho para o professor, uma forma de estar próximo ao ensino da Língua Materna, enquanto componente curricular mais cobrado nas avaliações institucionais do Sistema de Avaliação da Educação Básica, e ao mesmo tempo lecionar de forma interessante e valorativa a Geografia, que traz esclarecimentos à questões acerca do espaço vivido. Durante a pesquisa em curso, muitos textos interessantes foram encontrados nos livros didáticos de Geografia apontados pelos professores de sete escolas do município de Dourados- MS. Da análise destes textos é possível inferir que, através da Literatura Infantil é possível falar de Geografia numa perspectiva que reconheça o conhecimento a priori do aluno, ao mesmo tempo, amplie o seu conhecimento de mundo e seja uma ciência dotada de sentido e importância no cotidiano do aluno das séries iniciais.

Palavras-chave


Geografia; Literatura Infantil; séries iniciais; currículo

Texto completo:

VISUALIZAR ARQUIVO PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-0003.36496

Comissão Editorial

Programa de Pós-Graduação em Geografia Instituto de Geociências Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43113
91.540-000, Porto Alegre, RS, Brasil
Telefone: 55 51 3308 6569
Fax: 55 51 3308 9843
E-mail: para-onde@ufrgs.br