MERCADOS DA AGRICULTURA FAMILIAR NO SUL DE MINAS GERAIS

Cesar Buno Favarão

Resumo


A pesquisa tem como objetivo caracterizar diferentes realidades da agricultura familiar, práticas agroecológicas e mercados no Sul de Minas Gerais. Foram estudados dois agentes de desenvolvimento socioeconômico na região, primeiro a Feira Livre Semanal na cidade de Alfenas - MG, contando com 516 feirantes da região sul de Minas, e a produção agroecológica e convencional no Assentamento Primeiro do Sul, no município de Campo do Meio - MG, verificando as dificuldade e potencialidade do cultivo do café agroecológico, na região que detêm 25% da produção de café no Brasil. Os resultados são oriundos de dois projetos (extensão e pesquisa) e pode-se constatar a dificuldade encontrada pelos agricultores familiares nos aspectos econômicos, da dependência do mercado e produção convencional, e de assistência técnica, pela falta de técnicos especializados para fazer a transição agroecológicas nas propriedades familiares. Existem cooperativas na região que promovem a produção agroecológica do café, mas em pequena escala, tendo grandes dificuldades para captar agricultores nesse processo, pelo tempo da transição e da dependência econômica dos métodos convencionais.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-0003.32512

Indexadores

 

Apoio