O capitalismo pós-1990 e a emergência de novos pólos de poder

Maria Terezinha Dalbem Stropper

Resumo


Este texto versa sobre a configuração do capitalismo pós-1990, associada ao reposicionamento dos EUA no sistema internacional. Nesse sentido, o estudo trabalha com a abordagem de teorias contemporâneas sobre o assunto, como a teoria dos ciclos sistêmicos de acumulação de Giovanni Arrighi, o conceito de acumulação via espoliação de David Harvey, bem como o conceito de poder global de José Luís Fiori. Trata-se de levantamento teórico-bibliográfico, resultante de documentação bibliográfica e discussão cruzada entre os diversos autores. Em síntese, esse estudo visa compreender a dimensão das transformações do capitalismo no pós-Guerra Fria e discute a possibilidade de grandes mudanças nos equilíbrios de poder no mundo. Além disso, essa abordagem ressalta os movimentos questionadores à atual fase do capitalismo financeiro, como o trabalho realizado pelas ONGs.


Palavras-chave


capitalismo; hegemonia; Estados Unidos; sistema internacional; ONGs

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-0003.26998

Para Onde!? / ISSN 1982-0003  / DOI https://doi.org/10.22456/1982-0003

Revista do Programa de Pós-Graduação em Geografia - Instituto de Geociências - Universidade Federal do Rio Grande do Sul


Indexadores e Repositórios

Apoio