O Território E Suas Dimensões Política, Cultural E Econômica: Uma Análise Integradora-Híbrida Das Práticas De Territorialização

Marcos Leandro Mondardo

Resumo


Este trabalho tem por objetivo compreender aspectos do território no Sudoeste do Paraná, a partir, de três dimensões: política, cultural e econômica. Busca-se, compreender estas dimensões aliado a migração e o trabalho, características intrínsecas historicamente ao recorte territorial analisado. Entendemos que a partir de 1940, com a migração de gaúchos e catarinenses para o Sudoeste do Paraná ocorre, uma dominação e apropriação do território vinculada a um modo de vida próprio da cultura italiana e alemã principalmente. No desenrolar da produção territorial, criam-se elementos políticos e econômicos que moldam a configuração do território, direcionando as ações dos sujeitos para realização de certos projetos da classe dominante. Em outros aspectos são criados elementos simbólicos para legitimar uma determinada ordem para um determinado sentido de vida; cria-se um pertencimento que atribui uma identidade para os migrantes que se reterritorializam no Sudoeste do Paraná. A classe dominante produtora de simbolismos, também atua na forma da exploração dos indivíduos que servem de mão-de-obra na agricultura e na indústria para a (re)produção do capital. Ocorre uma segregação de sujeitos que são fixados territorialmente em partes estratégicas do território.


Texto completo:

Visualizar arquivo PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-0003.22076

Para Onde!? / ISSN 1982-0003  / DOI https://doi.org/10.22456/1982-0003

Revista do Programa de Pós-Graduação em Geografia - Instituto de Geociências - Universidade Federal do Rio Grande do Sul


Indexadores e Repositórios

Apoio