OS BOLIVIANOS COMERCIANTES DE HORTALIÇAS NA FEIRA LIVRE DE LADÁRIO

Leonardo Barbosa Araújo, Elisangela de Souza Cunha e Silva, Edgar Aparecido da Costa

Resumo


Este trabalho tem por objetivo caracterizar o comércio de hortaliças realizado por feirantes bolivianos na feira livre de sábado na cidade de Ladário, na fronteira Brasil-Bolívia. Utiliza-se de pesquisa de campo com a técnica da observação, tendo por ferramenta o diário de campo. Observou-se que as assimetrias entre as cidades gêmeas Ladário, Corumbá, Puerto Quijarro e Puerto Suárez funcionam como indutoras de interações comerciais e culturais. Notam-se estratégias comerciais baseadas nas complementaridades.


Palavras-chave


Fronteira. Complementaridades. Territorialidades.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-0003.101143

Indexadores

 

Apoio