A INVISIBILIDADE NA FRONTEIRA: UMA ANÁLISE SOBRE A “FAIXA LIVRE” LOCALIZADA ENTRE SETE QUEDAS - BR E PINDOTY PORÃ - PY

Leonardo Calixto Maruchi, Lidiane Cristina Lopes Garcia de Souza

Resumo


Este artigo é fruto de um trabalho de campo realizado pela turma de mestrandos e doutorandos do Programa de Pós Graduação em Geografia da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), durante a disciplina “Tópicos Especiais em Geografia” ministrada pelo Prof. Dr. Jones Dari Goettert. Nesta aula de campo, foram realizadas entrevistas com moradores da chamada “faixa livre”, que é uma zona neutra na fronteira entre Brasil e Paraguai no sul do estado do Mato Grosso do Sul. A particularidade desse lugar e das pessoas que ali vivem mostra como a fronteira é um lugar em que as relações se dão de maneira única, e que apesar de ser um lugar contraditório e com diversos problemas, também é um lugar de multiplicidades, saberes e vivências únicas.

Palavras-chave


Fronteira. Faixa livre. Multiplicidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-0003.100046

Indexadores


Apoio