UMA VIAGEM MARAVILHOSA NOS BOSQUES FICCIONAIS DOS PERÍODOS REGENCIAL E VITORIANO: DE LIZZIE BENNET PARA JANE EYRE

Luciane de Oliveira Moreira

Resumo


Este texto convida o leitor a fazer um passeio pelos bosques ficcionais de duas autoras importantes da literatura inglesa: Jane Austen e Charlotte Brontë. Através de uma leitura atenta de Lizzie Bennet e Jane Eyre este trabalho desvenda a estória de duas personagens fascinantes. A primeira é do romance mais famoso de Jane Austen, Pride and Prejudice, a segunda é da obra-prima de Charlotte Brontë, Jane Eyre. O contexto social delas não é distante, apesar de, Brontë ter declarado uma vez que não era fã da obra de Austen, eu me atrevo a dizer que Lizzie abriu o caminho para Jane seguir. Neste sentido, esse artigo coloca essas duas personagens lado a lado para mostrar suas semelhanças, diferenças, e evolução como mulheres na sociedade inglesa do século dezenove.  A intenção é buscar na arte e literatura algumas formas simbólicas para lidar com alguns aspectos da vida real como o universo feminino.


Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.22456/2238-8915.86503

Direitos autorais 2018 Luciane de Oliveira Moreira

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

E-ISSN: 22388915 / ISSN Impresso: 0102-6267

LICENÇA

Os artigos publicados na revista estão sob a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

INDEXADORES

  

     

   

 

           Imagen relacionada

   

Flag Counter