DE BROTOS, VERGÔNTEAS E QUE TAIS: a imagem do jovem Meleagro no Epinício 5, de Baquílides

Giuliana Ragusa

Resumo


Neste artigo, concentro-me no estudo de um, e de apenas um, elemento da rica trama imagética do Epinício 5[1] (“Para Hierão de Siracusa, vitorioso, corrida de cavalos, Jogos Olímpicos,476 a.C.”), de Baquílides: a imagem vegetal com a qual Meleagro é desenhado na interpelação que lhe faz Héracles, no diálogo que travam no Hades. Analisar o sentido dessa imagem e observá-la no conjunto de metáforas vegetais que poetas arcaicos da Grécia antiga amiúde elaboraram para projetar juventude, a vida em explosão – ou sua promessa, assim como a fragilidade humana.

 

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2238-8915.62486

Direitos autorais 2016 Organon



E-ISSN: 22388915 / ISSN Impresso: 0102-6267

LICENÇA

Os artigos publicados na revista estão sob a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

INDEXADORES

  

     

   

 

           Imagen relacionada

   

Flag Counter