O agon bucólico entre Dáfnis e Menalcas no Idílio VIII de Teócrito

Fernando Rodrigues Junior

Resumo


Este artigo se propõe a analisar a disputa poética entre Dáfnis e Menalcas relatada no Idílio VIII atribuído a Teócrito de Siracusa. Tendo em vista a divisão do agon bucólico em duas partes demarcadas pela variação métrica - a primeira redigida em dístico-elegíaco e a segunda em hexâmetro -, pretende-se discutir de que maneira esse idílio se vale do modelo teocritiano e, ao mesmo tempo, introduz a concepção de poesia bucólica de temática pastoral como uma espécie poética distinta em diálogo com o chamado "epigrama bucólico".

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2238-8915.60405

Direitos autorais 2016 Organon



E-ISSN: 22388915 / ISSN Impresso: 0102-6267

LICENÇA

Os artigos publicados na revista estão sob a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

INDEXADORES

  

     

   

 

           Imagen relacionada

   

Flag Counter