AMAZÔNIA, AMAZONIDADE E TRANSVERSALIDADE: EM BUSCA DA CONSTRUÇÃO DE UM CONCEITO

Gilson Penalva, Lorena de Carvalho Penalva

Resumo


O objetivo deste artigo é discutir o conceito de amazonidade, utilizando pressuspostos metodológicos da transversalidade para fomentar um debate produtivo sobre a produção cultural da região amazônica. A abordagem transversal e disciplinar é marcada pela ideia de movência e instabilidade, pressupostos imprescindíveis para se pensar processos de identificação na Amazônia. Amazonidade é um conceito associado às questões de identidade e cuja aplicação, devido à amplitude e complexidade da região amazônica, tem sido bastante desafiadora, no entanto, tem sido reivindicada, como conceito, em contraposição ao termo amazônico, que se constitui a partir de essencialismos consensuais que eliminam as diferenças. A contribuição mais significativa deste conceito é o de contribuir para a desconstrução de visões estereotipadas, preconceituosas e exóticas da Amazônia, que historicamente tem marginalizado formas de pensar e de produzir conhecimentos diferentes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2238-8915.103827

Direitos autorais 2021 Organon

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

E-ISSN: 2238-8915 / ISSN Impresso: 0102-6267


LICENÇA

 

Os artigos publicados na revista estão sob a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional


APOIO


BASES E INDEXADORES

 

 

 

  Flag Counter