SABERES E FAZERES MUSICAIS APINAYÉ: O CASO DO RITUAL DO MEGRE MÔX

Walace Rodrigues

Resumo


Este artigo nasce de nossos estudos entre os Apinayé para nossa pesquisa de doutorado entre os anos 2012 e 2015. Este texto objetiva refletir sobre quem são os Apinayé, sua história de contatos e os seus saberes e fazeres musicais observados na performance ritual do período final de luto (Megrẽ Môx em língua Apinayé). A metodologia utilizada foi bibliográfica e de observação de campo, tendo, nossa análise, um cunho qualitativo. Os resultados mostram que a riqueza cultural Apinayé pode ser observada em vários rituais e cerimônias realizados durante a estação seca e que os saberes e fazeres musicais deste povo indígena são essenciais para a continuação de tais eventos.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2238-8915.103138

Direitos autorais 2021 Organon

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

E-ISSN: 2238-8915 / ISSN Impresso: 0102-6267


LICENÇA

 

Os artigos publicados na revista estão sob a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional


APOIO


BASES E INDEXADORES

 

 

 

  Flag Counter